POV de Horatio

Trabalho a tanto tempo neste departamento , vi funcionários entrarem e saírem , muitos oficiais lutando arduamente cada dia para manter a cidade mais sossegada possível.

Dentre todos os estagiários que entraram neste departamento , uma se destacou...para mim , quer dizer.

Seu nome é Samantha , ela possui a idade de seus 25 anos de idade , faz faculdade de psicologia e esta fazendo estágio no departamento. Ela não costuma ficar em meu laboratório , mas quando ela vem é como se o local cria-se vida...e uma vida com mais cor e alegria.

Das poucas vezes que eu pude ver ela por aqui , ela trazia algumas evidencias para os meus subordinados e eu reparei que todos já se familiarizam com a jovem.

Ela ajudou no relacionamento de Calleigh com Eric e milagrosamente conseguiu fazer Ryan se declarar para Nathalia e para a minha surpresa conseguiu fazer Frank enxergar que ele as vezes estava errado e precisava sim de um empurrão para ver que o universo não gira ao seu redor.

Ela raramente conseguiu me ver , eu sei , por que eu mesmo me mantenho distante...Ela é estagiária e sinceramente me apegar uma jovem tão linda e tão meiga ...seria difícil aceitar sua partida depois.

Houve um dia em que ela estava indo almoçar no restaurante ao lado quando um carro desgovernado apareceu pegando nela e invadindo a loja...Naquele dia em diante não a vimos mais , pois estava internada em estado grave.

Choramos muito quando soubemos que ela não poderia sair viva da sala de cirurgia , mas para a nossa surpresa , sua força nos mostrou que ela quer sim viver.

Depois de alguns dias em coma induzido , ela acordou , todos estávamos esperando ela no quarto para que ela acorda-se. Todos atentos em seu semblante sereno , tranquilo e pálido.

Seus olhos piscaram lentamente e se abriram , ela olhou para o teto por alguns segundos até olhar para mim.

-É você !_ Disse ela fracamente mas mostrando aquele sorriso tão meigo-conheço esse olhar a distância_ Brincou ela rindo depois ela gemeu de dor.

-Notou? _Perguntei um tanto quanto surpreso enquanto o pessoal estava sem entender nada

-Impossível não sentir um olhar tão penetrante como o seu _Respondeu ela agora olhando para o pessoal.

Não precisei dizer mais nada , todos estavam chorando , mas sorrindo em ver que a jovem que eles tanto se simpatizaram estava se recuperando bem e prometo que partir de hoje irei aproveitar cada dia a presença de quem fez muita diferença naquele laboratório...e Samantha mostrou que fez muita diferença.