Aviso:Eu não possuo Rei Leão, nem seus personagens. Esta é apenas mais uma fanfic sobre este belo universo que eu amo.

Atenção*

1- Minha personagem principal é a Lia, e a história vai ser grande parte ou toda a visão dela.

2- Terão outros personagens criados por mim:Zilba,Cato,entre outros.

3- Eu irei reescrever a história a minha maneira, de modo que algumas coisas possam mudar.

4-Se não gostar da minha fic, não leia, simples.

Agradeço a Atenção! ;)

-Terra Nova

Lia achava que não poderia dar nem mais um passo sem morrer de exaustão.

Suas patas doíam, estava faminta e sedenta e pra piorar não sabia onde estava.

A pequena leoa se perdera de seu bando, quando o mesmo migrava em busca de alimento-em lugares onde a terrível seca não atingira- e agora estava sozinha e sentia-se mais fraca a cada momento.

Ela deu mais alguns passos quando

suas patas cederam ao cansaso, fazendo-a cair sobre o chão gramado.

-"Eu estou tão cansada... eu vou morrer.?"-

O som de patas pesadas se aproximando interrompeu seus pensamentos e uma enorme sombra pairou sobre ela.

Lia abriu os olhos para vislumbrar um enorme leão de pelagem dourada e juba ruiva.

-"De onde você é pequena?"-O grande leão perguntou em uma voz suave e bondosa.

-"Eu... eu me perdi do meu bando, não sei onde estão ..- Lia respondeu fracamente.

O leão deu à ela um olhar compassivo e tornou a perguntar, com o mesmo tom bondoso.

-"Qual seu nome criança?"-

-"Lia..."- ela respondeu.

-"Lia, venha comigo comigo, irei te levar à um lugar seguro."- O leão disse, antes de se agaixar e empurrar Lia com o focinho, ajudando-a gentilmente à se levantar.

Os dois caminharam pelas pastagens verdes e Lia pode ver o quão bonito era aquela terra em que estava.

Haviam grandes áreas pastosas, com muitos animais, de várias espécies, um rio com água fresca e limpa, e vários abustos frutíferos.

Apesar da fome e cansaso, Lia não pode evitar ficar fascinada com a abundante vida da terra, era tudo tão diferente do lugar de onde ela veio.

As patas tornaram a ceder e a pequena leoa voltou a cair. O leão notando isso foi até ela e lambeu a face, em um gesto de consolo.

-"Venha, já estamos chegando."-Ele disse, lhe dando um sorriso reconfortante.

Lia tornou a ficar de pé e seguiu o leão até uma grande pedra, onde pode avistar algumas leoas deitadas ao sol.

Quando se aproximaram- uma leoa de pelo castanho que estava sobre uma pedra olhou na direção deles. Ela sorriu e se aproximou, esfregando o focinho carinhosamente com o do leão que a acompanhava. Depois, seus olhos pousaram na pequena leoa e ela sorriu docemente.

-"Olá"-Ela disse.

-"O-Olá..."-Lia respondeu, dando um pequeno e tímido sorriso.

-"De onde veio tão bela criança?"-A Leoa perguntou, fazendo Lia corar.

-"Esta jovem corajosa fez uma longa e cansativa viagem até aqui, ela precisa de comida e um bom descanso."-O Leão falou, olhando carinhosamente para Lia, que se sentiu cada vez mais confortável ao redor dele.

-"Venha, minha querida, vou lhe dar algo para comer."- A leoa falou, e foi em direção a pedra grande.

Lia olhou para o leão, que assentiu com a cabeça, dizendo para ela seguir a leoa.

Ela sorriu e se afastou, seguindo a leoa.

-"A propósito, eu me chamo Sarabi."-

-"Lia."-

Lia abriu os olhos após um longo e merecido cochilo. Ela havia caido no nosso quase de imediato, logo após comer o generoso pedaço de caça que Sarabi havia lhe dado.

O sol ainda brilhava do lado de fora e seus raios atingiam a pequena leoa, que sorriu ao sentir o calor agradável. Ela se espreguiçou e levantou-se, indo para fora da caverna da grande pedra.

O leão que a ajudará mais cedo estava lá, sentado de costas para ela, olhando o horizonte.

-"Acho melhor eu não interromper, ele parece bastante concentrado".-

Lia pensou e quando já estava se afastando, a voz do leão soou calmamente.-"Vejo que já acordou. Como sê sente criança?"-

-"Bem, obrigada senhor.."-Ela respondeu, um tanto surpresa por ele te-la notado.

O leão se virou para ela com o mesmo sorriso bondoso.

-"Por que não se junta à mim? "-

Lia andou até ele e se sentou ao seu lado, no topo da grande pedra.

Os olhos do filhote se arregalaram com a vista. Ela podia ver tudo, desde o rio até os pastos verdes- que agora estavam dourados devido ao por do sol.

-"Nossa..."-Ela sussurou sem perceber, ainda fascinada com tanta beleza à sua frente.

-"É uma bela vista para se admirar não acha?"-O Leão disse, ainda olhando para o horizonte.

-"Sim.. é muito bonita senhor..."-Lia respondeu, olhando agora para o leão sentado ao seu lado. Ela derrepente se deu conta que não sabia o nome dele.

-"Senhor.. hum..qual é o seu nome?"- pequena leoa perguntou timidamente.

O leão se virou para olha-la nos olhos, quando respondeu: -"Mufasa."

Ambos continuaram ali por um tempo, em silêncio, apenas admirando o por do sol.

(obs:Eu escrevi "Bando", porque achei que "Alcatéia" seria estranho.)