Feliz dia dos namorados!

Era 14h e 28 min quando Tim ouviu Damian ao telefone, o mais novo estava na biblioteca falando ao celular e como Drake era o melhor detetive da família foi fácil se esconder atrás da porta que estava entre aberta.

Tim não espionava sua família, na realidade só havia ido até ali para pegar um livro. Partes da conversa do Damian é que o fez se esconder.

-Certo eu te pego as sete então... Prefere as oito? Tudo bem... Você quer vir aqui? Na minha casa? ... Hum... Tá tudo bem... Ok eu te espero então até a noite.

Damian caminhou até a porta e não havia ninguém do lado de fora.

-Estranho pensei ter visto o Tim. –Ele deu de ombros e foi para o seu quarto.

Tim Drake havia corrido antes que seu irmão pudesse vê-lo, ele correu escada abaixo e foi em direção da cozinha.

-Damian tem um encontro!

Bruce cuspiu seu café, Selina engasgou com a maça que estava comendo, Jason deixou seu copo cair no chão, Dick caiu da cadeira e Alfred apenas arregalou os olhos.

-O que você disse? –Bruce perguntou.

-Damian vai ter um encontro. O Damian. O garoto que até ontem nunca tinha assistido um filme da Disney, o mesmo que me mandou a merda ontem por ter o chamado de baixinho, tem um encontro. Tipo ele literalmente acabou de sair das fraudas e vai ter seu primeiro encontro.

-Ele vai ter um encontro nos dias dos namorados? Nem eu tenho um encontro hoje.

-Jason você não tem um encontro nem em dias comuns. –Selina falou.

-Podemos por favor focar no assunto de que meu garotinho vai ter seu primeiro encontro.

-Bruce...-Selina colocou a mão no ombro do marido.

-Alvorada pôr do sol, alvorada pôr do sol –Bruce começou a cantar –O gato está na rua e não tem mais pão... A meu menino tá crescendo. –Ele abraçou a esposa.

-Calma querido, calma.

Enquanto Selina consolava Bruce, Jason percebeu que Dick ainda estava caído no chão.

-Ei você tá bem? –Jason chutou Dick.

-Eu perdi um pedaço da visão, me ajuda aqui.

Jason ajudou ele a levantar.

-Eu não acredito, o primeiro encontro do Damian, Tim quem é a garota?

-Não sei.

-Como não sabe? –Bruce olhou para o filho – Você me traz a informação pela metade. Não foi assim que te ensinei.

-Ele tava no telefone, não falou o nome dela, mas ela vem aqui hoje buscar ele.

-A garota vai vir buscar ele? Não deveria ser o contrário?

-Por favor Dick em que século você vivi –Selina lançou um olhar de reprovação –E isso é bom assim vamos descobrir quem é essa menina, que horas ela vem.

-As oito.

-Ótimo vamos agir normalmente e descobrir quem é minha futura nora.

-Menos Bruce. –Falou Selina.

-Minha nova filha?

-Vocês perceberam que esse é o primeiro encontro do Damian? –Dick estava com os olhos cheios de água. –Vou falar com ele

-NÃO! –Todos, até Alfred, berraram.

-Temos que ficar quietos, se o Damian descobrir que eu sabemos ele vai fazer de tudo para não conhecermos a garota.

-Tim tem razão-Bruce falou- Ficaremos quietos pelo menos até o horário do encontro.

Não foi uma tarefa fácil, todos, absolutamente todos, queriam bater na porta do quarto do Damian e falar com ele.

19h30min Damian desceu as escadas, estava vestido com uma calça social preta, uma camisa branca e um paletó preto. Quando chegou no final da escada deu de cara com sua família.

-Que foi?

-Você está tão bonito, vai sair? –Selina tinha um tom doce na voz.

-Vou.

-Pra onde?

-Por ai. Por que pai?

-Bom...

-A gente sabe que você tem um encontro! –Dick berrou.

-O que?!

-Eu escutei você falando no telefone quem é ela?

-Eu sabia que tinha visto você –Damian apontou o dedo para Tim. –E ainda contou pra eles!

-Não fala assim comigo sabe que eu não sei guardar segredo!

-Isso não importa o que realmente importa é que você vai ter seu primeiro encontro. –Dick o abraçou –Isso é tão emocionante.

-Não é o meu primeiro encontro.

Silencio e então um grito.

-O QUE?! –Dick.

-ESSE É MEU IRMÃO. –Jason.

-EU TÓ CHOCADO! –Tim.

-POR DEUS –Alfred.

-ALGUEM JÁ QUIS SAIR COM VOCÊ ANTES? –Selina.

-EU NÃO VI MEU FILHO CRESCER! –Bruce.

-Parem de fazer drama. –Damian tentou passar por eles.

-Aonde você vai? –Dick barrou seu caminho.

-Lá pra fora.

-Mas o que vocês vão fazer hoje?

-Cinema e comer. –Damian tentou passar.

-Então não pode ir com essa roupa, você tá muito formal. –Dick puxou o paletó e tirou uma parte a camisa de dentro da calça –Pronto agora tá melhor.

-Não! Ele tá todo desarrumado –Tim tentou arrumar Damian de novo. –Você vai chegar lá aparecendo um mendigo, se arruma menino.

-Ele tem que causar uma boa impressão na menina!

-Por isso tem que ir arrumado!

Tim e Dick começaram a discutir, puxaram tanto a camiseta do Damian que ela rasgou.

-OLHA O QUE FIZERAM!

-Tá melhor assim.

Tim inclinou a cabeça.

-Pior que tá mesmo.

-Agora vou ter que trocar de roupa. –Damian tentou subir as escadas mas foi parado pelo Jason.

-Irmãozinho vamos conversar –Ele colocou um braço em volta do ombro do mais novo- Tome isso.

-Uma camisinha?

-Dia dos namorados, você vai estar em uma sala escura com uma garota, vai que precise. Aliais, se precisar de algumas dicas de como fa-Jason levou um tapa na cabeça –Ai Selina!

-O QUE VOCÊ ESTÁ FALNDO PRO SEU IRMÃO?

-Nada não. –Jason deu sorriso amarelo.

Selina afastou Damian do Todd.

-Quero que você seja muito gentil e educado com essa menina.

-Pode deixar.

-Ótimo –Ela tirou uma câmera fotográfica do bolso –Posso bater uma foto de vocês dois?

-NÃO!

-Selina deixe ele em paz.

-Obrigado pai.

-Posso ir com vocês?

-NÃO!

-Por que?

-Ainda pergunta.

-Eu tenho que ir junto, como vão chegar no cinema sem alguém para levar vocês?

-Eu vou de moto.

-Você não tem carteira de motorista.

-Eu tenho uma falsa. –Damian apontou para atrás –Jason me deu no meu aniversário.

-Jason!

-O que?

-Você deu uma identidade falsa pro Damian?

-Você me disse pra comprar algo útil para ele.

-Eu não acredito nisso –Bruce olha para o Damian –Não é o primeiro encontro do meu filho e ele tem uma identidade falsa só falta descobrir que ele não é mais virgem.

Silencio.

Bruce olha assustado para Damian.

-Você não é mais virgem?!

-Pois é né.

-Não acredito que não vi meu menino crescer –Bruce abraça Damian –Mas isso não vai mais acontecer eu vou ficar 100% do meu dia de olho em você, começando te levando nesse encontro.

-Você não vai comigo! –Ele se soltou do abraço.

-Eu posso ir? –Dick perguntou.

-NÃO! Qual o problema de vocês? –Damian olhou o relógio no pulso –Merda é quase oito horas tenho que me trocar.

Ele subiu as escadas, logo depois a campanhia tocou.

-Haaaaaa deve ser ela! –Dick correu em direção da porta.

-Espera!

Selina, Tim, Jason e Bruce correram atrás do Dick que tropeçou fazendo todos caírem em cima dele. Alfred que vinha calmamente atrás deles abriu a porta.

-Boa noite.

-Boa noite hum... O Damian está?

-Eu conheço essa voz. –Dick tentou levantar, mas Bruce havia caído em cima dele e não fazia menção de levantar.

-É claro senhorita gostaria de esperar na sala.

-Se não for incomodo.

-Como ela é educada. –Tim comentou.

-Ao contrário de nós que estamos no chão ainda. –Jason resmungou.

-O que aconteceu com vocês? –Damian desceu as escadas e viu sua família caída no chão.

-Nada! –Todos levantaram rápido.

-Por aqui senhorita.

A garota entrou na sala.

-Oi Damian.

-Ravena –Ele balançou a cabeça.

-Ravena?

-Dick.

-Ravena?

-Jason.

-Ravena?

-Ravena?

-Sr. e Sra. Wayne.

-Quem?

-Tim.

-Desculpa eu não conheço você.

-Sou a Ravena, faço parte dos Jovens Titãs.

-Nunca ouvi falar de você.

-Meu pai é um demônio interdimensional...

-Agora me lembro de você!

Ravena sorriu.

-Tá chega disso vamos antes que o filme comece.

-Espera eu levo vocês.

-Não precisa pai.

-Esperam fiquem parados.

FLASH.

-Pronto!

-Selina!

-O que é só uma foto Damian.

-Deixa eu ver.

-Também quero!

Todos se aproximaram para ver a foto, Damian cochichou para Ravena.

-Te pago dez pratas agora se você abrir um portal e mandar todos eles para o inferno.

-Tive uma ideia melhor. –Ela abriu um portal e os dois entraram nele.

-Que coisa mais linda essa foto! –Dick estava emocionado.

-Vai ser o papel de parede do meu celular. –Tim sorria.

-Aonde eles foram? –Jason reparou que o casal tinha sumido.

-Eles fugiram? Que romântico.

-Não tem nada de romântico nisso Selina –Bruce assumiu sua pose de Batman –Dick pegue sua moto vasculhe cada centímetro de Gothan atrás deles.

-Certo!

-Jason, Tim usem o Bat Avião procurem pelo céu, Ravena pode voar.

-Sim!

-Ok!

-Alfred tente rastreá-los pelo computador da caverna.

-Sim!

-Selina, você e eu vamos procurar com o Batmovel, se o Damian pensa que eu não vou descobrir aonde é esse encontro ele tá mito enganado. Afinal eu sou o Batman.