No dia seguinte, uma reunião foi feita para tentar determinar o que poderia ter feito mal a Shayera. Análises no espaço foram feitas, buscas por pistas no local da última missão mas nada foi encontrado. John foi a Oa para tentar descobrir algo com os guardiões, Diana contactou o Sr Destino para ver se ele conseguia contato telepático com Shayera. Ela permanecia desacordada e ficou assim por muitos dias. O Dr Meia noite não conseguia imaginar o porquê, seu corpo já estava se curando não havia nenhuma razão para ela permanecer no que parecia ser um estado de coma.

Sr Destino tentava sem sucesso contato telepático com Shayera, mas assim como o Marciano ele não conseguia. Pensou em usar magia mas era arriscado demais.

Após quase três semanas, eles resolveram arriscar Sr Destino usou todo seu poder mágico e entrou na mente de Shayera , foi um processo doloroso e cansativo para ele. Nunca havia encontrado tanta dificuldade em acessar a mente de alguém. Algumas horas depois do processo quando Sr Destino voltou a si ele revelou o que vira.

Shayera voava pelo espaço voltando a órbita da terra quando algo a atingiu, ela não conseguiu saber o que era. Uma força inimaginável atravessou o seu corpo e a fez perder os sentidos e ela começou a cair e a cair a uma velocidade tremenda quase se incendiou ao entrar na atmosfera terrestre e caiu como um míssel sobre a cidade. A queda aconteceu em um beco numa parte abandonada da cidade naquele lugar caótico ninguém percebeu o que havia acontecido. Ela foi encontrada por algumas crianças que brincavam em um ferro velho e que chamaram outras pessoas foi quando o tumulto ocorreu e o Superman a achou.

Sr Destino concluiu que seja o que for que tenha atingido Shayera ainda estava nela e por isso ela não conseguia reagir após tanto tempo de tratamento e mesmo com seu corpo já recuperado. Eles precisavam examiná-la minuciosamente e descobrir esse agente invasor em seu corpo.

Durante sua viagem pela mente de Shayera Sr Destino viu outras coisas, mas não quis comentar com os outros era pessoal demais e só dizia respeito e ela mesma.

Ele olhou a fundo as emoções dela e viu seus medos, suas frustrações e suas tristezas. Em uma parte daquele mundo interior Shayera estava presa e só. Ele concluiu que ela se sentia extremamente sozinha, mesmo estando rodeada pelos companheiros da Liga, faltava algo, algo que só uma pessoa poderia proporcionar.

Após um exame minucioso o agente invasor foi finalmente localizado por Sr Destino e Dr Meia Noite, tratava- se de uma espécie de parasita, um ser desenvolvido com nano tecnologia e que visava anular totalmente os poderes de Shayera e minar sua força vital de forma lenta e gradativa, descobriu- se depois que durante todo o tempo ela estava consciente mas não conseguia se libertar era como estar presa dentro do próprio corpo.

O parasita estava alojado entre sua medula e seu cérebro, uma vez retirado os agentes de inteligência da liga chefiados pelo maior detetive do mundo, Batman iriam tentar descobrir o responsável ou responsáveis por esse atentado. As suspeitas recaíam sobre os remanescentes de Thanagar que nutriram um ódio mortal contra Shayera após a tentativa frustrada de ocupação da terra. Isso seria devidamente investigado.

John fez visitas freqüentes aquele quarto nos dias que se seguiram. Todos os dias onde quer que estivesse, seja qual fosse a batalha que enfrentasse seu pensamento nunca abandonava aquele quarto. Após cada dia cumprindo seu papel de protetor do universo ele voltava para a torre e ia diretamente ao quarto de Shayera para vê-la, ele precisava disso, precisava estar com ela rezava para que aqueles olhos verdes e brilhantes o olhassem novamente.

Mesmo após terem passados dias e com todo o tratamento que recebeu ela continuava igual, sua pele continuava fria e seu corpo inerte. Naquela noite John não saiu do lado de Shayera adormeceu ali.

Algumas horas mais tarde Vixen estavam procurando por John, já era tarde e ele ainda não havia voltado para casa, logo lhe veio a cabeça onde ele poderia estar e ela estava certa , olhou pelo vidro da porta e viu John sentado com a cabeça recostada no colo de Shayera e segurando sua mão. Vixen saiu dali, se despediu de todos e voltou para a terra tinha um compromisso de trabalho como modelo e ficaria alguns dias afastada achou melhor não se despedir de John. Vê-lo daquele jeito tão preocupado com Shayera a fez pensar.

"O que eu estou fazendo? Por que ainda estou entre esses dois?"

Ela teria muito tempo para pensar a respeito durante essa folga da Liga.

Dois dias depois após terem descoberto o agente invasor que estava no corpo de Shayera os médicos optaram por uma cirurgia que seria arriscada mas extremamente necessária. O procedimento durou horas mas foi bem sucedido era necessário agora aguardar uma reação de Shayera. Mais uma vez o Sr Destino foi chamado ele deveria estimular Shayera a voltar para esse mundo. Usando seus poderes ele entrou mais uma vez na mente dela e dessa vez mais profundamente.

Ele descobriu que Shayera fora abduzida de sua nave e levada a um canto desconhecido do espaço onde foi violentamente torturada, Sr Destino emitia ruídos de dor ao acessar aquelas memórias o que deixou Diana, Clark, Bruce e John muito perturbados.

Tamanho sofrimento fora inflingido, como se suspeitava, por aqueles que até bem pouco tempo eram comandados por Shayera, seus irmãos Thanagarianos. Aqueles que sobreviveram a guerra e a tentativa frustrada de tomada da terra odiavam Shayera. Ela era uma traidora e tinha que pagar pela traição a seu comandante e prometido, e a seu Thanagarianos acreditavam que a morte não era suficiente para fazê-la pagar por seus crimes eles queriam vê-la sofrer.

Sr Destino no interior de sua mente chama por Shayera, ela está fraca e não responde, está presa dentro de si mesma sem força para se libertar.

Ele insiste.

Shayera. Shayera Hal vc pode me ouvir? Sou eu o Sr Destino vc está segura agora.

Naquele universo interior Sr Destino vê Shayera como uma menina encurralada em um canto, encolhida sentada com a cabeça sobre os joelhos e coberta por suas asas de anjo.

- Shayera venha comigo. Está tudo bem agora.

Ela finalmente responde.

- Sr Destino. O que está acontecendo?

- Você precisa voltar Shayera. Nós precisamos de você, volte.

Ela lhe estende a mão.

Sr Destino voltou a si e estava exausto precisava voltar a sua fortaleza e recuperar suas forças, adentrar a mente de uma Thanagariana exige muito esforço até mesmo para um mago como ele.

- Agora nós temos que aguardar. Ele disse antes de partir.

Neste intervalo houve um chamado, a Torre estava em alerta pois vários atentados estavam ocorrendo em diferentes pontos da cidade de Star City. Todos os heróis foram chamados. Parece que os vilões decidiram se unir para uma ataque em massa.

Vários deles como Coringa, Homem Brinquedo, Bumerangue, Giganta e etc... estavam lá.

Foi uma batalha intensa os vilões não costumam atacar todos juntos, parece que eles resolveram mudar de tática mas não adiantou muito nossos heróis não estavam para brincadeiras, tinham coisas mais importantes com que se preocupar, especialmente o Lanterna Verde, poucas vezes se viu ele usar seus poderes daquela forma, digamos que ele estava cheio de vontad vontade que move o anel.

A batalha causou muita destruição mas os vilões foram mais uma vez detidos.

De volta ao quartel-general o Sr Destino finalmente revela ao membros fundadores tudo o que descobriu na mente de Shayera. Eles ficaram perplexos e John se encheu de fúria, cerrou os punhos e bateu violentamente contra a parede.

- Malditos covardes. Eles agiram como cobras traiçoeiras a torturaram e jogaram para a morte.

- Eles a odeiam John e Shayera sabe disso. Eles não a consideram mais como uma deles.

Disse Batman

- Espera aí . Vc está justificando o que eles fizeram?

- É claro que não

- Parem vcs dois, essa discussão não vai levar a nada. Disse Superman.

Nós vamos aguardar e ver o que Shayera decide.

No quarto C 03 no setor médico da Torre, belos olhos verdes se abrem ainda incomodados com a claridade. Ouve uma voz.

- Bem vinda de volta

Uma voz familiar, um rosto familiar.

- Diana

- Por Hera. Nós estávamos muito preocupados, como vc está?

- Ainda não sei... Quanto tempo fiquei fora?

- Quase três meses Shayera. Vc lembra de alguma coisa?

Ela busca em sua mente e lembra da dor que logo transparece em sua face.

- É eu me lembro sim. De tudo, Infelizmente.

- Eu vou avisar aos outros que vc acordou.

" Diana para Comando"

Pode falar Diana

- Shayera acordou Jo´nn

- Ótima notícia

Logo Batman, Superman e Jo´nn apareceram na porta do quarto.

- Que bom que vc voltou Shayera nós sentimos sua falta.

Ela dá um leve sorriso e responde.

- Obrigada Clark

Ele é sempre tão gentil.

Eles conversam por alguns instantes sobre o acontecido e Shayera decide não ir atrás de seus "irmãos" o que foi acatado por todos, a decisão era dela.

- Vamos pessoal. Nós temos que deixá-la descansar. Disse o Superman.

E eles saíram do quarto, Batman foi o último e antes de passar pela porta ele diz:

- Vc está mesmo bem?

- Estou, dentro do possível

- Certo. Se precisar de alguma coisa ...

Shayera sorriu e agradeceu. Batman tem sido muito gentil com ela.

Deitou-se novamente e voltou a pensar no que havia acontecido, aquilo com certeza povoaria seus sonhos por muito tempo, foi terrível, mas uma parte dela entendia a sede de vingança deles. Ela adormeceu.

No dia seguinte os fundadores estavam na ponte de comando decidindo sobre uma questão diplomática. John acabara de chegar à Torre e Shayera surgiu no corredor ele a olhou fixamente e seu coração disparou. Ele não sabia que ela havia voltado a si.

Ela o olhou de volta e sem dizer nada desviou- se dele entrando em uma sala. Ele a seguiu. Ela estava de costas quando ele entrou, ele a mirou dos pés a cabeça .

- Shayera. Ele chamou.

Ela se vira lentamente e olhando fixamente para ele com um semblante severo diz:

- O que vc quer ?

- Saber como vc está?

- Eu estou ótima como vc pode ver.

- Shayera nós temos que conversar...

Ele ouvi um ruído no comunicador.

- John há uma chamada para vc.

- Certo pode transferir.

Ele liga um aparelho na sala

- Aqui é o John.

- Oi amor

Era Vixen.

- Mari oi.

Shayera sai da sala bruscamente demonstrando sua raiva. John a olha constrangido.

- John vc esta aí ?

- Estou Mari. E então como está a viagem?

- Está tudo bem. Esse lugar é lindo, seria ótimo passar alguns dias aqui com você.

- Aposto que sim..

- Alguma novidade?

- Sim . Shayera já voltou a si ela está bem agora.

- Ótimo . Muito boa notícia. Eu estou morrendo de saudades querido.

- Eu também. Nós nos vemos em alguns dias ok?

- Certo ... Tchau

Ao desligar o telefone Mari pensa. " Eu amo esse cara e não vou abrir mão dele. Sinto muito Shayera."

Quando John viu Shayera novamente ela estava na sala de comando com Jo´nn e Batman, ele se aproximou e Shayera fingiu que ele não estava lá. Bem no fundo ela queria gritar com ele agarrá-lo pelo pescoço e... mas não ela preferiu se conter e decidiu que dali em diante manteria o máximo de distância possível e agiria com frieza com relação a era extremamente difícil para o temperamento de uma Thanagariana.