Capítulo 6

A viagem inesquecível

Kaede foi até o quarto de Kikyo busca-la, para acompanha-la até sua sala.

'- Kikyo me acompanhe!'

'- (O.O) Para quê?' – Kikyo estava um pouco preocupada com o que iria acontecer.

'- Apenas me acompanhe.'

Chegado na sala, Kikyo se depara com os três casais, com um sorriso disfarçado no rosto.

'- Sente-se, Kikyo.'

'- Está bem...' – Disse, sentando-se.

'- Kikyo esses jovens acusaram a senhorita de ter empurrado Kagome, isso é verdade?'

'- ...' – Kikyo estava pensando no que iria responder.

'- Vamos, responda!'

'- Fui eu mesma que empurrei essa idiota!' (Ela não tem vergonha na cara mesmo!)

'- Olha como fala da Kagome, sua vagabunda!' – bradou Inu-Yasha.

'- Falo como eu quiser, amorzinho.' – ironizou "Kikyaca" (N/B: Para a alegria das fãs da Kagome e do Inu-Yasha!)

'- Calem-se os dois...' – ordenou Kaede.

'- Queria que ela tivesse ficado com uma lesão cerebral incurável, há há há!' – riu, maldosa.

'- Como você pode dizer isso Kikyo?' – Disse Kagome, quase chorando.

'- Então Kikyo, você afirma ter empurrado Kagome?'

'- Afirmo!'

'- Descarada, não tem nem vergonha na cara!' – irritou-se Sango.

'- Calada Sango!E com que propósito você empurrou ela na água?'

'- Eu queria que ela morresse, tanto faz, se afogada ou com uma forte pancada na cabeça.

'- E por que fez isso?'

'- Fiz isso por vingança, porque ela roubou MEU MEU Inu-Yasha!'

'- Eu não te amo, e nunca te amei!E você não pode destruir minha felicidade por causa disso!' – falou Inu-Yasha.

'- Não ia destruir sua felicidade, por que você iria ficar comigo.' – disse Kikyo.

'- Nunca, nem se a Kagome morresse, eu não ia ficar com você.'

'- Kikyo, por você mesmo ter admitido ser a culpada, você será...' – Foi interrompida por Kikyo, com uma voz segura.

'- Pode me expulsar à vontade.Não tenho medo, porque mesmo que você me expulse, eu vou continuar infernizando a vida da Kagome.'

'- Mas quem disse que eu vou te expulsar?'

'- Hã?'

'- Eu irei fazer uma coisa muito pior, irei te transferir para a nossa mais nova unidade na Austrália.'

'- O quê?'

'- Isso mesmo que você ouviu, e lá não tem Inu-Yasha nem Kagome para você pais já estão avisados, e eles já marcaram um tratamento para você fazer quando chegar lá.'

'- Não pode ser!'

'- Pode ser sim! Agora por favor, se dirija para o carro que está em frente do portão principal.'

'- Não irei me dirigir para lugar nenhum...'

'- Então está ças!'

Dois fortes homens de preto pegaram Kikyo e arrastaram até o carro, e suas últimas palavras foram:

':- Eu ainda pego vocês! Nãoooo!'

Quando Kikyo, já tinha ido, Kagome falou para o Inu-Yasha:

'- Será que fizemos bem?'– Disse chorando.

'- Não responda , não ficará bem, os pais dela já estão avisados, e ela irá se curar dessa obsessão que ela calma, tenho certeza que vocês fizeram muito bem, por que além de fazerem a justiça, vão ajuda-la.'- falou Kaede.

'- Está bem, eu entendi. – Disse Kagome, dando um forte abraço na professora e em seus amigos.

Passadas três semanas de muito amor entre Rin e Sesshoumaru, muitas brincadeiras entre Sango e Miroku e muito amor e mais amor entre Inu-Yasha e Kagome, chegou o dia de irem embora.

'- Que pena que já é hora de ir embora, né?' – falou Kagome.

'- É , em compensação, essa viagem foi revolucionária, pois encontramos nossos verdadeiros amores e fizemos a justiça quanto a Kikyo.' – disse Inu-Yasha.

'- É verdade, eu com a minha Sangozinha.'

'- E eu com a minha linda Rin.'

'- Garotos, vamos logo!Entrem no ônibus.' – falou Kaede.

'- Já vamos!' – falaram todos.

'- E eu com a minha amada Kagome.'

'- Essa viagem será inesquecível!' – ressaltou Kagome.

'- Concerteza!'(Risos) – E todos seguiram para o ônibus.

Fim

N/a: Pessoal, espero que tenham gostado da primeira e segunda temporada de Uma nova vida, quero agradecer a todas as pessoas que leram e me mandaram rewiens com ótimas dicas, e principalmente gostaria de agradecer a minha beta Tenie, que me ajudou ão até minha próxima fic, beijos.

N/B: Estou muito emocionada!Não é necessário me agradecer, eu só corrigi todos os capítulos das duas temporadas e fui dando uns toquinhos de como você podia prosseguir quando você estava sem inspiraçã servem para isso, né? Estou muito feliz com o sucesso das suas fics e espero que você continue assim.É isso.

Até a próxima fic!o/