- Você pensa que eu não vi Sirius – avisou Lily Evans revirando os olhos verdes enquanto caminhava ao lado da floresta com o melhor amigo, Sirius Black.

- Não sei do que você está falando cenoura – contrariando a resposta o sorriso nos lábios do moreno dizia claramente que ele sabia do que ela estava falando.

- É nosso primeiro dia aqui e você já começa dando em cima de uma aluna – reclamou Lily.

- Eu não fiz isso Lily – sorriu Sirius.

- Eu vi Sirius!

- Então prove – Lily bufou para o amigo. Era o primeiro dia de ambos em Hogwarts, como professores novos tinham tido o dia para se acomodarem antes de começarem as aulas, mas Sirius não precisou disso para colocar os olhos em uma garota chamada Marlene que saia de uma aula.

Lily havia entrado para Hogwarts como professora de Defesa Contra As Artes das Trevas, já Sirius como professor de Feitiços, já que o velho anão resolveu pedir férias.

- Só quero que não se meta em confusões Sirius – pediu a ruiva parando perto do salgueiro no mesmo instante um garoto de cabelos arrepiados que parecia ter a idade de Sirius embora as vestes demonstrassem que ele era um estudante saiu do salgueiro, fazendo Lily virar-se com a varinha apontado diretamente para o peito dele.

- Quem é você? - perguntou Sirius descontraído, Lily continuava com a varinha apontado para o garoto que se arrumou e assumiu uma expressão amistosa.

- Se apresente primeiro – mandou com um sorriso, fazendo Lily ranger os dentes. Sirius riu gostando imediatamente dele.

- Sirius Black – cumprimentou Sirius sorrindo no que foi respondido. Lily revirou os olhos enfim guardando a varinha.

- Nós somos professores Sirius não colegas – disse Lily e só então o garoto foi reparar que a ruiva era muito gostosa e após a constatação deu um sorriso fazendo Sirius rir.

- Não exagere Lily.

- James Potter – cumprimentou James rindo.

- Vá para o seu dormitório Potter – mandou Lily, James sorriu para a ruiva e seguiu para o castelo.

- Se você continuar assim logo todos os alunos irão te odiar – comentou Sirius ganhando um tapa da ruiva. Agarrando-a pela cintura seguiram para o castelo, onde ainda dava para ver as costas de James Potter fechando a porta.

- Bom dia – cumprimentou a ruiva sua classe de alunos do sétimo ano. Encontrou o olhar chocolate de James na primeira fileira ao lado um garoto de cabelos castanhos que pelo que Dumbledore explicara deveria ser Remus Lupin. - Eu sou a nova professora de Defesa Contra As Artes das Trevas.

- Uau – exclamou um garoto da Lufa-lufa, Lily sorriu corando.

- Segure a baba Pontas – sussurrou Remus para o amigo que encarava maravilhado a professora.

- Cala a boca Aluado – rosnou James sem tirar os olhos da ruiva.

- Estive pensando em começarmos com algo difícil, mas simplesmente ótimo na aula de hoje – comentou Lily, James sorriu sendo retribuído.

- E o que seria? - perguntou Finis interessado.

- Vamos tentar conjurar um patrono – falou Lily. - Agora prestem a atenção, vocês têm que se concentrar em uma memória realmente feliz, não adianta ser satisfatória ela tem que ser feliz como se luz emanasse dela, entenderam?

Os alunos concordaram com a cabeça, Lily sorriu.

- O feitiço está no quadro e eu irei passar por cada um para ver o que conseguem, qualquer duvida...

Com um movimento da varinha Lily fez as mesas desaparecerem e os alunos começaram a fazer caras estressadas.

"Será que eu fiz essa expressão na primeira vez que conjurei um patrono?" perguntou-se Lily observando-os. "Coitado do meu professor, não sei como ele agüentou não rir."

- Você poderia nos mostrar seu patrono – sugeriu Anna Verves para a professora que passava por ela, com um sorriso uma linda corsa saiu da varinha de Lily. - Nossa! - exclamou a garota.

De repente apareceu um cervo ao lado da corça que pareceu encantada, Lily virou-se procurando o dono do cervo e encontrou James Potter a olhando e sorrindo.

- Desde quando você aprendeu a fazer patronos? - perguntou Lily no final da aula para James enquanto iam para o salão principal.

- Aprendi no quinto ano, na verdade nas férias, meu pai é auror e acha muito útil aprendermos quantos feitiços conseguirmos.

- Ele está certo – sussurrou Lily quando parou na frente da sala dos professores. Ficaram se olhando, James com um sorriso nos lábios e Lily vermelha até Sirius se aproximar dos dois.

- Quem está dando em cima de alunos cenoura – brincou Sirius e a próxima coisa que ele viu foi a parede que veio ao seu encontro. - Aii – gemeu com uma mão na cabeça.

- Na próxima vez não fale besteira – disse Lily entrando na sala e esquecendo do almoço.

- Tenho que me lembrar de não fazer a ruiva ficar com raiva – disse James estendendo a mão para Sirius que aceitou.

- Mas a raiva às vezes é o mesmo que paixão – falou Sirius recebendo um olhar nada apreciativo de James. - Não se preocupe, Lily é minha amiga – esclareceu Sirius e James suavizou a expressão.

- E então, afim de almoça na Grifinória? - perguntou, Sirius só deu sua risada latido antes de ir com James para o salão principal.

N/A: Oii ! A idéia da fic foi da 1 Lily Evans e é um presente de natal para a mesma. Mana Jones! Te adoro, minha companheira de msn! :D Espero conseguir fazer a fic ser ótima como você merece! Beijos.

N/L: Tem irmã melhor do que essa? Também te adoro! É claro que a fic vai ser ótima, assim como quem escrever ela! Bjinhus...

Deixem review sim? Ela merece! :D

Bjuss