-Eu vim te pedir desculpas mas acho que você não precisa delas.
-Inuyasha eu posso te explicar.
-Não precisa eu irei embora.
-Houjo eu tenho que ir.
-Você só ficou assim porque ele é seu namorado.
-"Se eu ficar aqui vou perder ele de vista".Pensou.
-Não precisa me Houjo
-"Cadê o Inuyasha não está em lugar nenhum,Inuyasha se eu soubece que você viria eu não tinha nem saído de casa.
Quando Kagome chega em casa Souta diz que Inuyasha já foi pro poço a um tempo e que deixou um recado.-Ele disse que ia embora e diria aos outros que você mandou um oi.
-Tá bom.E entrou em casa.

-Cadê Inuyasha ele ainda não voltou?
-Calma Shippou ele Miroku.
-"Esse cheiro é de Inuyasha mas a Kagome não está com ele é melhor eu não dizer nada".Pensou Sesshoumaru.
ele é melhor eu não dizer nada".Pensou Sesshoumaru.
Na mesma hora aparece ao longe um garoto com vestes vermelhas e cabelo prateado.
-Inuyasha!Shippou o reconheceu e foi alegre ao seu encontro.-Onde está a Kagome?
-Em sua época ela mandou um oi para todos e também disse que não viria mas.
-Ela não vêm porque Inuyasha não sabe se Shippou a Miroku.
Nisso Inuyasha vai para o na mesma hora Kagome atravessa o poço e chega ao acampamento deles.
-Onde está Inuyasha?
-Foi para o Sango,e ela vai em direção ao rio.
-Inuyasha é um mentiroso ele disse que a Kagome não viria.
No rio...Kagome vê Inuyasha lá sentado e quando ela vai explicar o que aconteceu entre ela e rojoele diz.
-Você não têm que me explicar nada.
Mas ela insistiu..
-Rojo só estava tentando me consolar.
-A tá me engana que eu gosto.
-O que você não gosta no Rojo?
-Dos lábios com certeza!
-Inuyasha porque está agindo assim,por acaso está com ciúme?
-Ciúme,daquele cara,nunca!
-A nagação é um dos primeiros síntomas da verdade.
-E se eu estiver?
-Você vai estar falando a verdade.
-Eu não vou me preocupar com coisas tolas como e virou o rosto.
-Tudo bem vamos ver,daqui pra o poço eu vou levar uns dez minutos você têm esse tempo para me explicar porque ficou assim ou se quiser me espere uns...Três dias,tchau.E foi em direção ao poço.
Quando estava chegando no poço escutou a voz de Inuyasha lhe mandando esperar.
-Antes de você ir quero te dizer uma coisa.
-Estou ouvindo.
Inuyasha pegou sua mão e deu o frágmento da jóia que estava com ele.
-Não vou precisar dele sei me virar do meu jeito.
-Se é só isso então tchau.
Quando estava começando a travessar o tempo sentiu uma mão lhe segurar,ao se virar viu Inuyasha.
-O que você está fazendo?
-Vou para a outra época com você e nem tente me impedir.
Kagome deu um pequeno sorriso e Inuyasha soltou seu braço ao ver que já tinham chegado na época de Kagome.
-Essa não.
-O que foi Inuyasha?
-Esqueci de avisar aos outros que vinha morar com você.Kagome começou a rir ao ver o hanyou tão desesperado.
-Porque você está rindo?Disse emburrando a cara.
-Não têm graça.
-Ah tem sim.
-Se for ficar rindo de mim eu vou embora.
-Não Inuyasha,fica por favor.
-Tá bom!Disse como se não fizesse muita questão.
-Mamãe já cheguei!Quero falar com todos,venham para a sala.
-O que aconteceu Kagome?Ah oi a senhora Rigurashi.
-Olá boa Inuyasha.
-Meu amigo Inuyasha,quanto Souta.
-Oi pra você tambem Souta.
-Mãe eu queria que o Inuyasha viesse morar aqui,naquele quarto de hóspedes,lá é um bom lugar,Inuyasha não faz tanta questão.
-Hã,Inuyasha vir morar aqui?Não sei Kagome,somos simples de mais.
-Eu prometo que não vou o hanyou seguro.
-Tá...Mas você vai ter que ajudar em alguns serviços de casa."Será que isso vai prestar".Pensou a mãe de Kagome.
-Sem poblema!Falou Inuyasha animado.
-Inuyasha deixa eu te mostrar o quarto em que você vai ficar,ele está bagunçado mas é só Souta enquanto o levava ao quarto.
Chegando lá...
-Gostei do quarto!Disse olhando o pequeno cômodo.
O quarto era bem simples,tinha uma cama,um guarda roupa e uma pequena cabeceira de cama.
-O que são essas coisas?
-São coisa que minha mãe guardou,ela não gosta de jogar nada que traga boas lembraç ficar à vontade,já está anoitecendo vou ver se a mamãe já fez o jantar.
-Pode me chamar quando estiver pronto?Vou organizar algumas desas coisas.
Souta saindo do quarto o deixando só.
Ele começou a arrumar algumas caixas pra ter pelo menos espaço para andar pelo quarto,mas sua atenção foi desviada ao ver uma das caixas com o nome de abrir,viu várias fotos algumas roupas e uns brinquedos de bebê.Inuyasha começou a examinar as fotos,mas uma delas chamou sua atenção,nela Kagome estava com um vestido amarelo com um bolero azul claro sobre os ombros,elas estava sentada debaixo de uma árvores com flores lindas e tinha um belo sorriso.-"Ela está linda".Pensou olhando a foto novamente.-"Acho que a Kagome não vai se importar se eu pegar a foto".E guardou a foto dentro da camisa junto ao peito.
Na cozinha...
-Kagome.
-Sim mãe.
-Estava pensando...Já que Inuyasha vai morar aqui conosco,acho melhor comprarmos algumas roupas pra ele,afinal as que ele usa são bem antigas.
-É mesmo seria ótimo,mas vamos deixar como uma surpresa,certo.
-Certo,saímos amanhã cedo.
-Vá chamar o Souta e o Inuyasha,senão é capaz do...Ela foi interrompida ao ouvir vários espirros bem altos que vinham do quarto em que Inuyasha estava,Kagome subiu as escadas depressa,abriu aporta do quarto em que ele se encontrara e o viu com a mão no nariz tentando parar os espirros e falando com raiva.
-Droga,acho que naquela caixa tinha mais poeira do que eu ele parou a o ouvir Kagome rir abertamente.-Do que você está rindo?
-Você fica engraçado quando está com raiva!Respondeu.
Antes que Inuyasha pudesse dizer qualquer coisa Souta aparece na porta.
-A mamãe esta chamando vocês para jantar.
-Já estamos indo,Inuyasha vocé não vem?
-Acho melhor não.
-Porque não?
-É que...Eu...Inuyasha se virou Kagome percebeu que ele estava preocupado,talvez fosse por não conhecer nenhum costume da época ou o que poderia acontecer com seus amigos enquanto ele estivece na casa de Kagome,mas ele percebeu que ela havia saído pois havia escutado passos se afastando.-"Ela deve ter ido jantar,não é surpresa,já que não fui".Mas apos alguns minutos ouviu sons de passos se aproximando e sentiu o cheiro de Kagome chegando entrou no quarto com uma bandeja que continha duas tigelas de sopa e algumas torradas.
-O que está fazendo?Perguntou confuso.
-Como você não desce para jantar eu vou comer aqui com você.Disse sorrindo.
-Dá pra usar as caixas como ele de cabeça baixa.
Quando Kagome se dirigia a 'mesa',acabou tropeçando mas Inuyasha lhe percebeu que suas mãos estavam por cima das dela ajudando-a a apoiar a bandeja,ficou levemente avermelhado e soltou as mãos dela.
ele.
-Pelo quê?
-Por me deixar vir morar aqui e me fazer companhia.
-Acho que eu que devo agradecer,se não tivesse me segurado aqui ia ficar uma bagunç Kagome jantava Kagome pensou porque Inuyasha ficou levemente vermelho quando segurou sua mão afinal não era nada de mais.
-Porque está me olhando assim?Disse o hanyou ao ver como ela o observava.
-Por nada.
-Você deve ter um motivo pra me olhar daquele se aproximando.
-Já disse que não foi nada!Disse enraivada.
-Têm certeza?Perguntou Inuyasha arqueando a sobrancelha.
-Eu já disse que não foi nada!Disse com mais raiva do que antes.-Boa noite!Falou Kagome enquanto pegava a bandeja e se dirigia a porta.
-"O que deu nela?Eu só fiz uma pergunta".Pensou Inuyasha.