-"Deve ter um jeito de acertá-lo" – pensa Inuyasha

-Vocês nunca irão me derrotar. Já matei aquela sacerdotisa e agora vocês serão os próximos! – fala Naraku e lança um ataque na direção de Miroku e Sango

Sango e Miroku desviam por bem pouco e caem no chão

-Sua pontaria melhorou. Andou treinando enquanto estava morto? – pergunta Inuyasha provocando

-Você vai engolir isso seu pivete – diz Naraku

Naraku avança em cima de Inuyasha que finca a espada no peito de Naraku bem num segundo de distração. Naraku começa a gargalhar

-Acha mesmo que usando a testusaiga você vai me matar?Como você é idiota – fala Naraku e tira a espada de dentro de seu peito – Acho que você se esqueceu que eu não tenho coração, então não adianta tentar me matar usando a sua espada patética

Naraku dá um soco na barriga de Inuyasha e ele voa longe

-Inuyasha! – chama Sango

Ele se levanta fracamente e fica de pé

-"Isso deveria dar certo, não tem como sobreviver a um ataque desse mesmo sem coração" – pensa Inuyasha olhando pra Naraku e segurando a espada mais firmemente na mão –"Eu vou dar um jeito de derrotar o Naraku nem que seja a última coisa que eu faça"

Inuyasha sente seu peito pulsar e coloca a mão dentro do haori. Ele sente que o que estava pulsando era a jóia e tira do haori

-Porque a jóia está pulsando?

Do nada Naraku é envolvido por uma energia maléfica mais assombrosa que qualquer um já tinha visto antes e depois de perder toda a sua força se debatendo desaparece. A energia fica pairando no ar e vai em direção a Inuyasha. A jóia brilha fortemente o que força todos a fechar os olhos e quando reabrem tanto a jóia quanto a energia maligna tinham desaparecido

-Mas o que houve aqui? – pergunta Sango

-Eu não sei, não entendi muita coisa – fala Inuyasha olhando a mão onde antes estava a jóia – Mas a jóia ficou muito estranha quando aquela energia apareceu. – ele empalideceu rapidamente ao se lembrar do que vira

Inuyasha sai correndo e vira em um dos imensos corredores da mansão de Naraku

-Espera aí Inuyasha. Aonde você vai? – pergunta Chase

O pessoal começa a seguir Inuyasha, mas como ele foi muito na frente os youkais tiveram que usar o olfato pra segui-lo

-Sentiu esse cheiro? – pergunta Chase

-Senti – fala Sesshoumaru

-Que cheiro? – pergunta Miroku

-Morte

Eles entram num cômodo e vêem Inuyasha sentado sobre os joelhos com o corpo de Kagome nos braços. Ela estava fria, pálida, seu coração já não batia mais

-Kagome – fala Sango em lágrimas e abraça Miroku

Sesshoumaru se aproxima do corpo de Kagome

-Sai da frente inútil – fala o inudaiyoukai

-O que?

-Sai da frente ou vou te acertar com a espada

Inuyasha deita o corpo de Kagome no chão. Sesshoumaru retira a tenseiga e coloca sobre o corpo de Kagome; a espada pulsa e ele vê os mandantes do outro mundo acorrentando o corpo de Kagome e os corta com dois movimentos rápidos

-Está feito – fala Sesshoumaru

Kagome puxa o ar de súbito e abre os olhos

-I-Inuyasha... Amigos... O-o que eu perdi?

-Só a derrota do Naraku pra alguma coisa que apareceu e nos ajudou e depois tentou atacar o Inuyasha, o de sempre – fala Miroku com um sorriso aliviado

-Amiga você nos deixou preocupados – fala Sango se soltando do abraço de Miroku e se ajoelhando ao lado dela

-Gomen, eu não queria. – fala tentando se sentar mas sente uma dor muito forte e para

-Vem eu vou levar você – fala Inuyasha

Kagome abre um sorriso fraco e Inuyasha a pega nos braços. Eles começam a andar e saem da mansão

-Vamos voltar pra aldeia de Kaede? – pergunta Kagome bem baixinho, pois sua voz estava meio fraca

-É, e depois você volta pra casa – fala Inuyasha quase no mesmo tom de voz

-Quero que volte comigo

-Tem certeza disso?Podem acabar com sua vida do outro lado se alguém descobrir que você namora um youkai por livre e espontânea vontade

-Tenho sim

Não demora muito e eles chegam à aldeia de Kaede

-Sesshoumaru-sama! – chama Rin correndo na direção do inudaiyoukai e o abraça

Sesshoumaru fica calado, mas afaga os cabelos dela e vai pra sombra de uma árvore não muito longe dali seguido por Rin

-Kagome! Inuyasha! – fala Shippou e pula no ombro do hanyou – Achei que tinha acontecido alguma coisa ruim com vocês

Kagome estendeu os braços pra Shippou, que foi direto pros braços dela sem pensar duas vezes, e o abraça

-Shippou achei que nunca mais ia te ver – fala Kagome fracamente

-Kagome o que houve com você? – pergunta Kaede ao ver ela com um grande corte que foi provocado pela adaga de Naraku

-Pode-se dizer que eu morri – fala sorrindo enquanto brincava com os cabelos de Shippou

-Venha eu vou te fazer uns curativos e bem rápido

-Myouga – chama Inuyasha enquanto andava até a cabana de Kaede

A nomiyoukai pula de trás de uma moita e vai pra a gola do haori de Inuyasha

-Inuyasha-sama onde esteve?Pensei que tivesse acontecido o pior

-Você ficou é preocupado com sua vida por que sabia que se eu não ganhasse do Naraku muita gente ia morrer e você estaria na lista

-Não sei por que fala de mim como se fosse um covarde desleal depois de todos esses anos de servidão a você e ao senhor seu pai

-Acho que é porque você sempre foi um covarde, eu só não sei o desleal – fala Shippou

-Coloque-a aqui Inuyasha –fala Kaede apontando pra um futon - Miroku me ajude a fazer uma infusão de ervas pra passar sobre os ferimentos de vocês (fala sério eles também apanharam feio viu)

Inuyasha deita Kagome no futon e senta do seu lado segurando a mão dela. Miroku volta com algumas ervas e Kaede faz a infusão e começa a passar pelos ferimentos de todos especialmente os de Kagome que estavam mais profundos

-Inuyasha você devia levar a Kagome pra época dela, vai ser mais fácil ela se curar lá, a medicina é muito mais avançada – fala Sango

-Deixem pra ir amanhã. Todos vocês merecem um descanso – fala Kaede – Mas cadê a Rin?

-Quando a vi estava lá fora com o Sesshoumaru – fala Chase se deitando perto de Inuyasha

O hanyou afaga a cabeça dele com um meio sorriso. Myouga vê o inuyoukai e os seus olhos ficam esbugalhados

-Não é possível – fala Myouga esfregando os olhos

-Você conhece o Chase Myouga? – pergunta Inuyasha

-Sim eu conheço, mas pensei que estava morto

-Fiquei preso por um tempo, lacrado por um monge, mas eu consegui me libertar – diz Chase

-Fico muito feliz em saber – fala com um sorriso torto

-Qual é a de vocês? Parece que estão escondendo alguma coisa de mim – fala Inuyasha olhando pros dois

-Escondendo?Nós?Imagina isso nunca aconteceria – diz Chase

Vocês acharam que íamos mudar o parzinho do inu-kun né?Pois estavam redondamente enganados os leitores que pensaram assim