Capítulo 3 = Primeiro dia na casa

Depois que guardou tudo ela desceu para almoçar. Quando desceu encontrou fora Izayoi, Sango, Miroku e Rin mais quatro pessoas: uma garota com cabelos ruivos e pele clara que se chamava Ayame, um garoto com cabelos negros presos num rabo-de-cavalo e olhos azuis chamado Kouga, uma senhora de idade já com os cabelos grisalhos que se chamava Kaede e um menino que devia ter a idade de Souta que possuía cabelos ruivos e olhos verde-esmeralda chamado Shippou. Estavam todos sentados a mesa que tinha dez cadeiras (mas nove delas já estavam ocupadas tendo apenas a cadeira pra Kagome sentar-se) comendo e conversando animadamente
O almoço correu tranquilamente até que abrem a porta chamando a atenção de todos os que estavam à mesa. Da porta entra um garoto com cabelos prateados que iam até abaixo da cintura, olhos dourados e orelhas caninas no topo da cabeça que usava uma camisa branca que ficava meio colada com o corpo mostrando os músculos definidos com uma calça jeans rasgada nos joelhos e fala:
-E com vocês nosso campeão da corrida: SESSHOUMARU TAISHO!
Da porta entra outro garoto com cabelos prateados abaixo da cintura e olhos dourados que usava uma camisa amarela sem mangas e uma calça jeans um pouco mais escura que a do irmão e diz:
-Obrigado, obrigado eu amo muito vocês – fala se gabando – Bate aqui irmão
Ele e Inuyasha batem as mãos e Sesshoumaru pega a cabeça do hanyou numa chave de braço e esfrega a mão no cabelo dele deixando o cabelo dele mais desarrumado do que já tava
Miroku e Kouga vão até Sesshoumaru e tacam ovo e tomate na cabeça dele dizendo "Parabéns, você mereceu!"
-Oi mãe – fala Inuyasha indo pra cozinha e dando um beijo na bochecha da mãe – Eu não sabia que bombom você queria porque a ligação caiu acho que devia estar sem sinal, mas comprei de avelã tem problema?

-Não meu amor, obrigado pelo bombom- diz pegando o bombom da mão do hanyou
-Ei Inuyasha pega trigo aí! – fala Miroku
-Pega não Inuyasha!Por tudo que há de mais sagrado NÃO PEGA!
Inuyasha vai até o armário, pega um saco de trigo e vai pra sala
-Meninos não melem nada e não gastem o trigo todo que eu vou fazer um bolo
-INUYASHA SEU TRAIRA NÃO SE ATREVA A JOGAR TRIGO EM MIM! – fala Sesshoumaru que estava sendo segurado por Kouga, mas só ganhou meio saco de trigo no cabelo que já estava melado (e põe melado nisso) de ovo e tomate
-Pra você não dizer que eu sou ruim só usei meio saco de trigo – fala Inuyasha
Sango pega uma câmera fotográfica, vai até a sala e bate uma foto de Sesshoumaru todo melado e Inuyasha, Miroku e Kouga mostrando as mãos meladas de ovo, tomate e trigo
-Inuyasha e Sesshoumaru pro chuveiro agora!Especialmente você Sesshoumaru – fala Izayoi comendo tranquilamente
-É assim todo dia por aqui? – pergunta Souta
-Não hoje eles ainda estão mais calmos que o normal
-Que demais!
Inuyasha e Sesshoumaru sobem e depois de 10 minutos descem, ambos usando roupas leves, e vem o pessoal almoçando. Sesshoumaru estava usando uma bermuda azul que chegava até o joelho e uma blusa branca, e Inuyasha usava uma bermuda azul um pouco mais clara que a de Sesshoumaru e uma blusa verde
-Poxa, vocês nem esperaram a gente descer – fala Inuyasha
-Pra falar a verdade já estamos almoçando desde um pouco antes de vocês chegarem – diz Izayoi
-Eles nem esperaram a gente chegar – fala Sesshoumaru
-Pensei que vocês só vinham amanhã – fala Ayame
-A gente também, mas o Sesshoumaru terminou mais rápido que eu esperava – fala Inuyasha pegando um prato e colocando o almoço – Mãe você não sabe da maior sobre o Sesshoumaru
-O que é?
-Ah eu não posso contar, mas eu conto mesmo assim

-Se atreva a falar qualquer coisa seu língua-frouxa que eu te estrangulo na frente de todos e não vai ter ninguém que me impeça disso – fala Sesshoumaru
-Então eu deixo o Sesshoumaru falar
-Falar o que? – pergunta Izayoi
-Nada de mais – fala Sesshoumaru
-Como pode dizer uma coisa dessas, é importante sim! – fala Inuyasha
-Eu posso contar depois – fala Sesshoumaru comendo tranquilamente (ele, Miroku e Inuyasha estavam comendo em pé)
-Mas é importante! – fala Inuyasha se sentando do lado da cadeira da mãe
-Inuyasha fala logo que eu estou ficando abusado com isso – fala Kouga
-Não, sou jovem demais pra ser estrangulado até a morte pelo meu irmão mais velho
-Não tem perigo Inuyasha fala logo o que é – insistia Kouga
-Tá bom, é que... - mas ele mal começa a falar que Sesshoumaru dá um chute leve nas costas dele, mas que mesmo assim doeu
-Tinha uma vespa nas suas costas – fala Sesshoumaru
-E você tinha que usar seu pé?!Bom mas como eu estava dizendo... – mas ele mal fala que leva outro chute - Aí se está fazendo isso apenas para não descobrirem saiba que não dar certo por que vão acabar descobrindo mais cedo ou mais tarde
-Descobrir o que? – pergunta Izayoi
-Pergunta a senhora não quero levar outro chute – fala Inuyasha se levantando
-Inuyasha senta e desembucha logo por que essa historinha de conto e não conto já está me deixando abusada e se não fizer mocinho vai ter o maior castigo da sua vida e Sesshoumaru não se atreva a tocá-lo – fala Izayoi
-Hum... Castigo demorado ou ser assassinado pelo próprio irmão... Vou à que dói menos... O Sesshoumaru pediu a Rin em casamento! – fala Inuyasha e sai correndo
Sesshoumaru corre atrás de Inuyasha que parte em disparada pro jardim. Todos os olhares se voltam para Rin que fica extremamente vermelha ao perceber
-É verdade Rin? – pergunta Izayoi
-É claro que é verdade Izayoi – fala Kaede – A perseguição do Sesshoumaru e Inuyasha é a prova disso

-Mas quero ouvir a Rin me dizer isso – fala Izayoi com a voz mais séria – É verdade Rin?
Rin confirmou com um aceno de cabeça. Izayoi dá um grande abraço nela
-Parabéns minha querida!Mas porque não me contaram antes?
-Por dois motivos: o Sesshoumaru só fez o pedido ontem à tarde e íamos falar hoje no jantar, mas o Inuyasha falou antes né
Nesse instante Inuyasha entra desesperado pela porta da cozinha e senta-se no chão ao lado de Izayoi com a respiração ofegante e suando um pouco
-Já voltou? – pergunta Izayoi com um sorriso
-Quer que eu volte lá e o Sesshoumaru me mate?Se for me dê logo uma peixeira(1) que eu mesmo me mato
-Não é isso meu amor, só pensei que demoraria mais
-Se perguntarem vocês não me viram – fala Inuyasha se levantando e correndo, sobe as escadas pro primeiro andar
Nessa hora Sesshoumaru entra na cozinha correndo e pergunta
-Cadê o desgraçado que eu chamo de irmão?
-Subiu – responde Kouga
-KOUGA SEU TRAIDOR! – fala Inuyasha lá de cima
Sesshoumaru sobe as escadas correndo e fica discutindo com Inuyasha
-Eu vou lá resolver o problema deles dois antes que eles quebrem algo – fala Izayoi subindo as escadas

Notas:

(1:) pra quem não sabe peixeira é um jeito de chamar aquelas facas enormes de cortar carne