As Voltas Que A Vida Dá

Um plano ardiloso... Tudo programado. Mas havia algo que Miroke não esperava: Se apaixonar por sua vítima. Enredo baseado em filme que eu amo, "O Diário Da Princesa 2". Espero que gostem.

Capítulo I

"A Família Houshi E O Plano Para Pegar O Trono"

Em um cômodo grandioso de uma casa senhorial, dois homens conversam sentados em confortáveis poltronas, enquanto bebem uma taça de vivem. Um aparenta tem em torno de uns 50 anos, com cabelos grisalhos. O outro, um jovem de 22 anos, cabelos negro e olhos azuis zafira.

Então? O que acha?

É um plano bem ardiloso, meu tio. Mas será que dará certo?

Confie em mim. A anos venho planejando isso.

Será que é certo fazermos isso? Afinal, a avó dela é a rainha. Então, por direito, eu acho que o trono deveria ser da princesa, não?

Não seja ingênuo, meu sobrinho. Seu tataravô era um Feudalista legítimo e governou como rei por quarenta anos. Depois, nosso trono foi usurpado pela família Takyo e nunca mais conseguimos ter o poder nas mãos de novo.

Isso é verdade, meu tio? Nós éramos mesmo da família real?

Claro que sim, meu rapaz. Já não lhe disse isso?

Sim, mas... É difícil crer que já tivemos reis e rainhas em nossa família.

Pois sim. Foi isso mesmo. E agora com o retorno da princesa Sango, nosso ciclo de reinado é novamente ameaçado. Maldita pirralha. Porque não ficou no lugar que estava? Não concorda comigo?

Sim. Essa princesinha nem ao menos viveu aqui. A vida toda não soube de sua origem, por sua mãe tê-la criado longe de seu pai e quando descobriu, mal ficou por aqui. Nem ao menos conhece nosso povo. Eu nasci e sempre vivi aqui. Conheço estas terras como a palma da minha mão. Eu é que deveria ser o rei, por nascimento e direito.

Tem razão, meu sobrinho. E será um ótimo rei. Fará seu pai orgulhoso, vai ver.

É o que espero. Sabe, eu adoro isso aqui. O país, as pessoas. Não é justo que esta garota venha e de repente se torne rainha. Ela não sabe do que o povo precisa. Eu sei. E serei um rei que pensará no povo acima de tudo.

Claro, meu sobrinho, claro. _ havia um brilho malicioso nos olhos do tio _ Haverá um baile daqui a três dias em homenagem a chegada da princesa. Quero que se prepare, pois iremos. Quero que conheça Sango e se aproxime dela.

Porque, meu tio? Ela não é nossa inimiga?

Miroke, meu rapaz... Nunca ouviu falar que deve ter os inimigos sempre por perto?

Sim, mas...

Sem mas. Quero que se aproxime dela. Ah! E, Miroke...

Sim?

Quero que se segure.

Porque? _disse o rapaz, surpreso.

Conheço tuas fraquezas. Já ouvi falar que a princesa é uma jovem atraente.

Ah, é?... _ Miroke abre um sorriso malicioso _ Atratente, quanto?

Não te interessa. Não quero que se deixei levar por teus desejos e saia do caminho. Tenho a tua palavra?

… (pensamento longe)

Miroke!

Sim?!

Tenho tua palavra ou não?

Tem sim, meu tio.

Ótimo. Não faltava mais nada, depois de anos de planejamento, ser derretado por hormônios.

Miroke meramente sorriu.

Está chegando a hora da família Houshi subir novamente ao lugar que merece. _ diz o tio _ O trono.