Capítulo IX

"O Destino Finalmente Se Cumpre"

Renesmee abriu os olhos lentamente.

Que dia era mesmo? Haviam acontecido tantas coisas que ela estava ainda meio confusa com tudo.

Espreguiçando-se lentamente, interrompeu no meio do processo ao sentir aquela mão conhecida percorrendo seu corpo, seguida por aquela voz mais conhecida ainda:

- Bom dia...

Renesmee sentiu o rosto esquentar imediatamente.

Um filme começou a se passar em sua mente, onde tudo o que tinha acontecido na noite anterior passava-se diante de seus olhos.

Flashback

- Jake? _ Renesmee questionou, observando o rapaz entrar pela sua janela _ Achei que tinha ido embora.

- E eu tinha. _ ele respondeu _ Mas não agüentei de saudades da minha namorada.

Fim Do Flashback

Demorou um tempo para criar coragem e olhá-lo nos olhos pela primeira vez depois dessa nova experiência.

- B-Bom dia. _ ela respondeu, corada.

- Dormiu bem? _ ele quis saber, sorrindo.

- S-Sim. _ ela respondeu, trêmula _ M-Muito bem.

Renesmee levantou-se rapidamente ao perceber que horas eram.

- Aonde vai? _ ele quis saber.

- Estou atrasada para o curso!

Jacob riu.

- Como você pode pensar em escola depois do que nos aconteceu? _ ele quis saber, sorridente _ Porque não falta hoje e fica aqui comigo? _ ele sorriu, malicioso.

- Hunf. Meu pai não vai gostar de saber que você acabou dormindo aqui.

- Não foi bem dormir, você sabe... _ ele voltou a sorrir.

Renesmee, corando, tentou ignorar o comentário.

- Além disso, eu não vou faltar. _ ela foi taxativa.

- Que CDF. _ ele comentou, provocativo _ Quase tanto quanto Carslile.

- Quero ser médica, afinal de contas. _ ela respondeu, dando de ombros.

- Ness... Você lia Física Quântica com meses de vida! _ ele comenta, tentando, em seu pensamento, fazê-la voltar a razão _ Você sabe tudo sobre medicina e ainda tem um avô médico! Nem precisaria estar estudando, realmente.

- Para eu me formar, eu preciso fazer a faculdade. Esqueceu disso? Nenhum hospital me aceitaria sem um diploma, mesmo eu sabendo tudo sobre medicina e sendo neta de Carslile Cullen. Além do mais, assim como você e toda a minha família, eu tenho uma "fachada humana" para manter. _ ela disse tudo isso muito rápido. Estava muito nervosa.

- Ok, ok! Já entendi. _ ele diz, fechando a cara _ Também estou indo para a faculdade.

Jacob pulou da cama e vestiu rapidamente sua calça jeans, que no momento, jazia inocente no canto do quarto, junto com várias outras peças...

Pegando a sua camisa e dando um beijo rápido na namorada, e foi até a janela.

- A gente se vê mais tarde. _ ele se despediu, antes de pular e se embrenhar no meio da mata. Renesmee o observou se afastar com um suspiro.


Flashback

- Jake... E-Eu acho melhor você ir embora agora. _ Renesmee disse, tentando em vão, contê-lo.

- Você quer que eu vá? _ ele questionou, com aqueles olhinhos de cão abandonado.

Que covardia! Isso já era um golpe baixo para um homem normal. Um lobisomem então era especialista nisso.

- E então? _ ele insistiu, mantendo o olhar, enquanto seus lábios formavam um sorriso de vitória.

- N-Não. _ ela respondeu, derrotada, rendendo-se aos lábios quentes de Jacob.

Fim Do Flash Back

- Bom dia, querida. _ Bella, com carinho.

- Bom dia, mamãe. _ ela sorriu, mas ficou apreensiva em seguida ao se virar para o pai _ B-Bom dia, papai.

Edward meramente grunhiu.

Renesmee sabia que seu pai descobrir tudo era inevitável, ainda mais quando ela mesma não conseguia controlar seus pensamentos.

- Edward. _ Bella ralhou _ Sua filha te disse "bom dia".

- Bom dia. _ ele cumprimentou, ranzinza.

- Está atrasada hoje, Ness. _ comentou Alice _ Não tem problema?

- Não. _ Renesmee respondeu, tentando manter a voz controlada _ Eu sou a melhor aluna e sou sempre pontual. O professor não se importará com um único atraso.

Todos, exceto Edward, sorriram. Mas ele não pôde deixar de ficar um pouco menos ranzinza ao saber que sua filha era a melhor aluna. Orgulho de pai, vocês sabem.

- Vá com cuidado. _ ele recomendou, ainda sério.

- Obrigada. _ Renesmee respondeu, arriscando um sorriso.

Edward não pôde deixar de sorrir um pouquinho também. Amava demais sua filha e não era com ela que estava irritado, mas com um certo lobo...

- Edward. _ Bella se aproximou, quando a filha saiu _ O que foi? Ainda está zangado por estarem juntos? Ora... Você sabia que isso aconteceria mais cedo ou mais tarde.

- Não é isso. _ ele voltou a grunhir _ Eu sei que estariam juntos em breve, não pensei que Jacob fosse mostrar as asinhas tão rapidamente...

Bella ficou confusa, mas logo saberia o que tinha acontecido.


Com a sua velocidade, Renesmee não demorou muito para chegar em sua escola.

Como previsto, seu professor relevou o atraso pelo histórico da aluna e permitiu que ela assistisse as aulas.

Mas, apesar de seu discurso, como disse o próprio Jacob, "CDF", Renesmee novamente não estava nem um pouco atenta nas aulas.

As imagens da noite anterior ainda fervilhavam em sua mente.

Como era possível que sua vida tinha virado de cabeça para baixo em vinte e quatro horas?

Em um momento, ela e Jacob eram melhores amigos. De repente, ela se descobre "alvo" de Imprinting. Depois, se descobre apaixonada por aquele que acreditava ser seu melhor amigo. Eles saem, começam a namorar, e de repente...

Tudo tinha acontecido muito rápido.

Renesmee tinha as suas certezas mais ainda tinha muitas inseguranças.

Não tinha motivo para tanto. Afinal, pensando melhor no assunto, Jacob era o par ideal para ela. A conhecia bem, tinha força física suficiente para equiparar com a garota, como ela, não envelheceria e estariam sempre juntos.

É... Talvez não tivesse motivos para dúvidas, afinal de contas.

Sorrindo de sua conclusão, Renesmee começou a repassar em sua mente as lembranças da noite anterior:

Flashback (TOTAL)

Após deixar Jacob na entrada da casa, Renesmee seguiu para o quarto, seguida pelos olhos curiosos da família.

Chegando lá, virou todas as sacolas em cima da cama, e começou a experimentar peça por peça de suas roupas novas, sem ter muita concentração no que fazia.

Em geral, esse era um de seus passatempos preferidos, mas essa noite tinha muito em que pensar.

Jacob e ela agora eram namorados e ela teria que saber como dizer isso a família. Sentiu o rosto corar novamente, mas sorriu.

Cerca de meia hora se passou, quando aquele cheiro invadiu novamente suas narinas.

Virou-se.

- Jake? _ Renesmee questionou, observando o rapaz entrar pela sua janela _ Achei que tinha ido embora.

- E eu tinha. _ ele respondeu _ Mas não agüentei de saudades da minha namorada.

Jacob avançou pelo quarto, prendendo-a contra seu corpo e beijando-a com ardor.

Ficaram assim por alguns segundos, mas foi o suficiente para Renesmee perder o fôlego. Jacob sorriu.

- Vingança pela mordida. _ ele comentou.

- Seu bobo. _ ela resmungou, alisando cuidadosamente a blusa nova que tinha acabado de vestir _ Você a amassou toda.

Jacob sorriu novamente. Renesmee as vezes podia ser um pouquinho fútil... Só um pouquinho...

- Falando sério, o que faz aqui? _ ela questionou novamente.

- Já disse. _ ele respondeu, sentando-se na cama _ Saudades de você.

- Acabamos de nos separar. _ ela ponderou.

- Mas para mim já faz tempo. _ ele comentou _ Pensei em você, sabia? Enquanto... Me acalmava.

Renesmee voltou a corar. Estava corando com uma facilidade imensa, ultimamente.

- E... Se acalmou?

O olhar dele mudou.

- Na verdade... Não.

Renesmee ficou rígida. Não teve reação quando Jacob se levantou e rumou até ela, voltando a beijá-la.

- Jake... E-Eu acho melhor você ir embora agora. _ Renesmee disse, tentando em vão, contê-lo.

- Você quer que eu vá? _ ele questionou, com aqueles olhinhos de cão abandonado.

Que covardia! Isso já era um golpe baixo para um homem normal. Um lobisomem então era especialista nisso.

- E então? _ ele insistiu, mantendo o olhar, enquanto seus lábios formavam um sorriso de vitória.

- N-Não. _ ela respondeu, derrotada, rendendo-se aos lábios quentes de Jacob.

Renesmee não percebeu como foi, mas quando se deu conta, estavam ambos de volta na cama.

Jacob a beijava com um ardor nunca antes demonstrado e Renesmee não tinha forças para afastá-lo... Ela também o desejava e muito.

- Jake... _ ela tentava, em vão, manter um pouco de sanidade _ ... Nós não podemos... Meu pai vai... Ainda é muito cedo...

- Ness... _ ele quase implorava _ ... Por favor... Não me faça esperar mais do que eu já esperei...

Renesmee sentiu o corpo arrepiar.

Não era só o corpo de Jacob que gritava pela dela, mas o dela respondia...

Não demorou muito para que não só as roupas novas, mas também as suas próprias estivessem espalhadas pelo chão...

Fim do Flashback

Renesmee sorriu de novo com as lembranças que ainda martelavam quando ela saiu junto com as amigas da escola. Elas, é claro, tinham percebido o novo "ar" da amiga. Tentaram em vão convencê-la a falar o que tinha acontecido.

- Digamos que apenas tenho meus motivos. _ ela se limitou a dizer.

- Sim... _ Kelly segurou uma risadinha _ ... E até imagino qual.

Todas riram e não se surpreenderam ao ver Jacob caminhando em direção a elas na hora da saída.

Nem ficaram realmente surpresas quando o rapaz cumprimentou Renesmee com um longo selinho.

- Oi, gata. _ ele disse, sorrindo.

- O-Olá. _ ela respondeu, tímida.

- Hum... Vejo que ele é o seu motivo, não Ness? _ comentou Felipa.

Renesmee se limitou a sorrir.


- Que caminho é esse? Não o conheço. _ Renesmee observou, na garupa da moto preta.

- Descobri um outro lugar bonito. _ ele respondeu.

- Você está se tornando um mestre nessa área.

Jacob deu de ombros.

- Vantagens das patrulhas. Tinha que ter algo de bom na rotina, não?

Renesmee concordou. Não demoraram muito para chegar.

- É tão lindo.

- Eu sabia que iria gostar. _ ele sorriu _ Venha. Vamos dar uma volta.

Renesmee retribuiu o sorriso, dando-lhe a mão e seguindo o namorado para o meio das árvores.


O som da cachoeira podia ser ouvido perto dali.

Árvores frondosas cercavam o local e o som dos pássaros que sobrevoavam a área era o único som além da cachoeira... E do riso dos dois jovens apaixonados que ali se encontravam.

O chão estava forrado de rosas com pétalas macias...

Em volta, flores multicoloridas...

Deitada sobre as flores, estava Renesmee...

Seus cachos cor-de-cobre pendiam sobre o conjunto lilás que usava...

Seu corpo ainda estava molhado por ter acabado de sair da cachoeira que agora ouviam apenas o som...

Jacob estava prostrado de lado ao seu lado... Seus dedos carinhosos percorriam cada parte de seu corpo e sua boca, que no momento estava em seu pescoço, buscava pela boca dela.

Ela era sua...

Nada mais havia que pudesse impedí-los.

Estavam agora unidos... Os dois já conheciam seus sentimentos mútuos.

Estavam juntos. Eles já sempre foram um do outro pelo amor que os unia, mas agora se perteceriam fisicamente, também...

Agora... E por toda a eternidade...

FIM