Capítulo I

"Para Fins Acadêmicos"

Cidade de Tomoeda.

Outro dia comum. Indiferentes ao calor sufocante que fazia do lado de fora, os alunos do curso universitário disfrutavam do refrescante ar condicionado dentro de suas salas de aula. Entre as últimas carteiras, estavam sentadas duas jovens. Uma delas, era Sakura Kinomoto. Sakuta tinha 18 anos, longos cabelos castanhos que caíam em franjas sobre seus olhos verdes. A outra, Tomoyo Daidouji, também de 18 anos, era sua melhor amiga. Tomoyo era morena, de olhos azuis escuros e muito doce. As duas conversavam animadamente, alheias a balbúrdia que a classe fazia a sua volta, a espera do professor.

- Meu pai e eu fomos compras umas coisas no sábado. _ dizia Sakura _ Comprei uma blusinha linda!

- Imagino que sim. _ concordava a amiga _ Seu gosto é ótimo. Porque não veio com ela?

- Eu ainda não a tinha lavado depois que comprei. Venho com ela amanhã.

- Ótimo! _ e olhando em volta, deu um sorrisinho torto _ Tenho certeza que tem gente aqui que vai AMAR te ver de roupa nova...

Sakura sentiu o corpo arrepiar e olhou para a direção que Tomoyo olhava, ficando vermelha. A várias carteiras de distância, alguém a encarava...

- "Shoran..."

Shoran Li era o cara mais bonito da faculdade. Tinha 19 anos, cabelos lisos que terminavam em seu pescoço e franjas sobre os olhos castanhos sedutores. Tinha um corpo escultural e um sorriso arrasador. Atualmente, namorava uma outra colega de classe, Meiling Lian, 18 anos, uma morena bonita mas de gênio muito forte e extremamente ciumenta.

Sakura fora apaixonada por ele desde o colegial, só que os sentimentos do garoto em relação a ela sempre foram um mistério. Eles eram amigos e se davam muito bem, e Shoran não parecia demonstrar nenhum tipo de outro sentimento... Pelo menos até agora.

Nos últimos tempos, Shoran vinha se comportando de maneira extranha. Já era comum Sakura pegá-lo encarando-a ou sorrindo sedutoramente para ela. Quando conversavam juntos, ele sempre arrumava um pretesto para tocá-la. Além disso, seu relacionamento com Meiling não era dos melhores e ela duvidava que eles fossem ficar juntos por muito mais tempo...

Será? Será que agora era a sua vez?

- Não... _ ela disse, em voz alta _ Ele namora a Meiling. Não quer nada comigo...

Tomoyo abafou uma risadinha ao mesmo tempo que Shoran dava uma piscadinha para Sakura, deixando-a vermelha e contradizendo o que ela disse.

- "Bobo..." _ ela pensou _ "... Mas tão lindo..."

O professor Takeda entrou minutos depois. Era um homem jovem, de uns 24 anos, cabelos cor de cobre e olhos negros. Fora da escola, namorava uma outra amiga de Sakura, Rika, de 18 anos, muito doce, com cabelos ruivo escuros. Sakura e Tomoyo deram risadinhas quando ouviram Rika suspirar a duas carteiras de distância.

Rapidamente, pois ordem na classe, e todos foram para seus lugares. A aula começou.


Tu calor... Sobre la almahada

Se esfumó y hoy me hace falta

Los recurdos no me dejan ver

Que nada volverá a ser como ayer... Como ayer...

- Cantando de novo, Sakura? _ pergunta Touya, seu irmão mais velho, chegando do trabalho.

Touya era sete anos mais velho que Sakura. Com 25 anos, era um rapaz lindo, de cabelos e olhos negros como a noite e corpo malhado. Adorava implicar com ela, mas os dois se davam muito bem juntos.

- Sim... _ ela respondeu, tímida _ Eu gosto disso. Me ajuda a relaxar...

- Algum problema? _ ele pergunta, preocupado.

- Não, é só... _ ela fica vermelha _ … Nada não, irmão. Vai jantar, deve estar com fome.

- Estou mesmo. Já está pronto?

- Sim. Está no fogão.

Touya vai para a cozinha.

Sakura surpira.

Desde a conversa com Tomoyo, não conseguia parar de pensar em Shoran. Não que realmente nos últimos dois anos tivesse parado de pensar nele... Mas a possibilidade do garoto finalmente estar retribuindo era o fio de esperança que tanto desejava.

- Sakura? Onde está o pacote novo de sal? _ Touya entra perguntando.

Sakura não responde... Sua mente está longe.

- Sakura... Eu perguntei onde está o pacote novo de sal... _ Touya insiste.

Nada ainda...

- SAKURA!

- AII! Que susto, irmão! O-o

- A culpa é sua por estar nas nuvens.

- O que quer?

- Tem certeza de que não tem nenhum problema?

- Já disse que não. O que você quer?

- Acho que está mentindo para mim...

Touya lança a ela um de seus "olhares de acusação", deixando a garota vermelha.

- J-Já disse que não é nada, irmão. _ ela diz _ V-Vai me dizer o que quer ou eu vou ter que adivinhar?

- Quero saber aonde está o pacote novo de sal.

- Está na prateleira de baixo do armário. _ ela explica _ Eu o arrumei hoje e mudei as coisas de lugar.

- Não me avisa. Quer que eu adivinhe as coisas também?

- Vai comer sal, vai Touya!

- Olha a língua...

Sakura mostra a língua para o irmão e sobe para seu quarto, levando consigo o teclado que tocava para guardar.


- Quietos! _ dizia Takeda, novamente acalmando a classe.

A sala se acalmou enquanto os alunos iam para as suas carteiras. Shoran passou por Sakura e Tomoyo, surrurrando:

- - Linda blusa... -

Sakura ficou rubra. Tomoyo segurou uma risadinha enquanto o rapaz sentava em sua carteira. Cono ele sabia?! Sakura tinha um monte de roupa diferente que ele a vira usar. Como sabia que essa era nova?! Será que a obervava tanto assim para saber? Sentiu o coração disparar com esta hipótese...

- - Sakura... - _ Tomoyo cochichou _ - Toma. -

A amiga lhe entregara um bilhete. Nele, ela reconheceu, sorrindo, uma caligrafia muito familiar...

A blusa nova é mesmo linda, mas o conteúdo dela é imbatível... ~_^

Sentiu o coração palpitar com aquelas palavras. Mas, em seguida, ficou vermelha, só que de raiva. Foi só nesse momento que ela notou como sua blusa nova era decotada...

Ele não estava falando dela...

Estava falando daquilo que podia ver através da blusa...

Sakura lançou um olhar irritado para o rapaz que lhe retribuiu com um sorriso malicioso nos lábios.

- "Idiota..." _ ela bufava _ "E eu pensando que estava gostando de mim... É um sem vergonha..."

Após todos se aquietarem, o professor Takeda voltou a falar:

- Estamos quase encerrando mais um semestre e como estamos estudando os diversos tipos de vegetação regional, eu pensei em algo para essa turma. Perto daqui, há um bosque antigo. Nele há muitas trilhas e vegetação. É um excelente local para uma excursão. O que acham.

Todos concordaram com empolgação. Todos... Menos Meiling.

- Que nojo! Vamos andar no meio de mato? _ ela dizia _ Tem um monte de bichos asquerosos. Não quero sujar minhas botas novas.

A classe começou a zombar dela.

- Pois eu acho uma idéia excelente. _ diz Shoran, em voz alta, lançando um olhar furtivo para Sakura.

- Então eu topo! _ diz Meiling, imediantamente.

- Podemos até fazer isso em duplas... _ Shoran ignorava Meiling. Só tinha olhos para Sakura, a quem lançava um olhar de arrepiar até a garota mais insensível da Terra _ … Para fins acadêmicos... O que acha professor?

- Ótima idéia, Shoran. _ ele concorda e se volta para a classe _ Todos de acordo?

- Sim! _ todos respondem.

CONTINUA


OIE!

Aqui estou eu de novo com mais uma fic. AMO o casal Sakura e Shoran e me perguntei porque não tinha feito uma fic com eles ainda.

Bom...

Essa fic não é exatamente nova...

Eu criei ela em 2005 (minha amiga Cris pode comprovar isso) só que ao notar a falta do shipper Sakura e Shoran, decidi postâ-la, com melhorias, é claro...

Aqui está o primeiro capítulo.

Espero que gostem.

*** Angel ***