Teenage Dream

"You make me feel like

I'm living a Teenage dream

The way you turn me on

I can't sleep let's run away and

Don't ever look back,

Don't ever, look back."

Os dias foram passando e aquela noite maravilhosa que Draco me deu ficou impregnada em minha mente. Nunca me senti tão completa como naquele dia. Senti-lo dentro de mim foi mágico. Faltam dois meses para voltar a trabalhar. Os bebês estão com quatro meses e lindos demais.

Scorpius esta cada dia mais parecido com o pai, lindo, loiro de olhos azuis, com a pele alva. É muito difícil vê-lo chorar, está sempre com o sorriso no rosto. Sempre iluminando meu dia com seus sorrisos. Charlotte está cada dia mais fofa com seus cabelos loiros e por incrível que parece seus olhos de castanhos foram para um castanho com tons de azul. Ela é bem agitada. Sempre pegando as coisas que tem na mão ou envolta. Chora bem pouco também. E a Sophie com os cabelos num castanho bem claro, e olhos azuis. A mais calminha entre eles, mas não se iluda ela pode virar uma capetinha, se não der o que ela quer, ela chora até você dar.

Draco tem trabalho menos, mas mesmo assim passo o dia com as crianças, e tem vezes que nem nos vemos. Contratei duas babás para me auxiliarem. Elas são de muita ajuda. Hoje à tarde vou até a piscina com os bebês. Muito divertido. Chamei as babás, Julie e Marie e pedi que me ajudasse a vestir os bebês.

Coloquei uma sunga azul em Scorp, na Sophie um maio rosa bebê, e na Charlotte um maio verde. Tão lindo, passei protetor, e descemos. Eu com Scorp, Julie com Soph, e Marie com Lotte.

Fomos até o jardim onde ficavam as piscinas, era lindo, no meio tinha a piscina, e em volta o jardim tinha flores lindas, rosas, bromélias, azaléias, entre outras. Tem uma parte coberta, onde tem uma mesa linda e cadeiras de praia. Entramos na água e as crianças riram demais. Foi tão lindo o primeiro sorriso deles, e Draco não estava aqui. Fiquei triste, mas fazer o que.

Depois de meia hora saímos, e dei de mamar para eles. Eles dormiram, e os colocamos no bebê conforto. Dispensei as meninas por hora, coloquei meus óculos de sol, e deitei na cadeira de sol. Dormi logo. Nem sabia que estava tão cansada. Sonhei com Draco, estávamos numa linda praia, namorando, felizes. Sonho de consumo.

Acordei com beijos em meu ombro, e foram subindo por meu pescoço e chegando a minha boca, se não sentisse sua presença, seu gosto eu gritaria, mas logo reconheci, Draco estava ali. Aproveitei seus carinhos e correspondi seus beijos. Os bebês também sentiram a presença do pai, porque acordaram e pediram atenção. Draco foi até eles, e os pegou, brincando, sorrindo. A cena mais linda que já vi. Peguei minha câmera e tirei fotos deste momento especial. Logo volto a trabalhar.

- Mione, acabaram as filmagens. Daqui a duas semanas será a pré-estreia e gostaria que fosse comigo.

- Claro amor! Sentirei-me honrada.

Fui sentar-me com eles e brincamos até cansar. Os bebês podiam ser novos, mas tinham muita energia. Jantamos a luz de vela. Draco me puxou até a sacada onde tocava uma musica linda, e dançamos calmamente sob a luz do luar.

Olhando apaixonadamente para ele, lembro de todas as noites deles. De como é feliz, e como a tarde foi mágica. Pareciam adolescentes. A noite acabou no quarto com muita paixão e amor.

Passando as duas semanas o grande dia chegou. Ela estava ansiosa, não só como ser apresentada como a noiva do ator mais quente do momento como também a volta da grande paparazzo Granger. Draco já estava pronto e espera na sala por Hermione, não escondia sua ansiedade. Andava de um lado a outro. Não podia esperar mais nem um minuto para vê-la.

Mas não foi preciso. Hermione descia glamurosa. Com um vestido tubinho preto, com detalhe em pedras no decote, e salto prata. Perfeita para ele. Ele também estava maravilhoso, com terno preto, blusa preta, e gravata preta envernizada, com linhas finas em azul, destacando a cor de seus olhos.

Draco a puxou e deu um beijo digno de cinema, sentindo todo seu gosto de morando e chocolate, amava isso nela. Nunca enjoava. Puxou-a para mais perto enquanto aprofundava ainda mais. Hermione não deixando por menos, passou seus braços pelo pescoço dele o mantendo perto suficiente para sentir como se fosse um só.

Pegaram a Lamborghini Gallardo preta, e foram rumo a pré-estreia. Chegaram causando grande comoção. Nunca viram tantos fãs, e paparazzi juntos. Todos querendo saber mais do mais novo casal. Flashes eram disparados a cada segundo, nada era perdido aos olhares atentos de todos.

Draco desceu do carro, deu a volto e a pegou pelo braço, desfilando pelo tapete como rei e rainha. Hermione cumprimentava a todos. Entraram e todos os fitaram. Passando por horas o evento acaba. Mas não querendo toda aquela comoção. Draco a puxa pela saída lateral. Mas não esperavam que houvesse alguns paparazzi de plantão. Correram como dois adolescentes.

Hermione com as sandálias na mão, e a outra segurando a mão de Draco parou arfando, nunca sentiu tanta adrenalina assim na vida. Suas veias pulsavam como se seu coração estivesse em disparada por todo seu corpo. Olhando Draco com os cabelos bagunçados, arfando, com brilho nos olhos, não pode deixar de admirar a beleza dele.

Hermione o empurrou para o beco mais próximo, o prensando na parede, beijando-o sem deixar tempo de falar algo, apenas corresponder o beijo. O beijo foi esquentando, mãos passeavam pelo corpo do outro. Respirações aceleradas eram ouvidas, e o desejo visto na Iris de cada um.

Draco trocando de posição com ela, a suspendeu fazendo com que suas pernas prendessem em seu quadril, tocando seu membro em sua feminilidade. Hermione arfou como contato. Draco beijou-a selvagem demonstrando toda luxuria. Passou as mãos por suas coxas grossas e definidas. Subia suas mãos grossas e fortes até chegar a sua bunda a apertando. Hermione gemia sem conseguir se conter.

Hermione por sua vez arranhava as costas de Draco por cima da roupa, mas não era o bastante. Com a pressa rasgou a camisa, arrancando alguns botões, desejo era sentido ali, do mais selvagem. Seus olhos brilhavam, ansiando por prazer. Draco passou um dedo por sua feminilidade, fazendo com que ela arquejasse dando oportunidade para ele abocanhar um de seus seios.

Com extrema agilidade Draco arrancou sua calcinha e sua calça introduzindo todo seu membro de uma vez, rápido, forte, viril. Hermione não pode se conter, soltou um grito e gemia enlouquecida. Nunca se sentiu tão bem. Pareciam adolescentes com hormônios a flor da pele. Com movimentos fortes, e rápidos logo chegaram ao ápice do prazer. Podia ver em seus olhos todos os sentimentos que passavam por si, amor, luxuria desejo, paz, felicidade.

Como adolescentes. Uma forte chuva cai sobre eles. Mione olha para o céu sorrindo, abre os braços e roda. Draco a acompanha. Voltam para casa como adolescentes, correndo na chuva como dois amantes apaixonados.

"Você, me, faz sentir como

Se eu estivesse vivendo

Um sonho de adolescente

O jeito que você me excita

Eu, não consigo dormir, vamos correr

E Jamais olharemos para trás,

Nunca, olharemos para trás."

Caroline Evans Potter: mais um capítulo. Espero que goste. Obrigada pelo elogio, fico grata. E perva? Não imagina. Espero por mais reviews seus. E que continue agradando.

Mandy .Usagi-chi: espero ter matado sua curiosidade. Pois é, ela sofreu bastante, e ele vai sofrer, de um jeito bem prazeroso por assim dizer O.

E fico muito feliz por ter gostado, o meu dia fica mais feliz quando recebo reviews!

LoreRozen: qualquer uma não reclamaria de ser seqüestrada por um gato desses. Com um desses fico o quanto ele quiser, e para onde ele for. KKKKKKKKKK Desculpe a demora da resposta do review! Espero que continue gostando.

Thais: Amada! Chorei com seu review! Sério nunca ninguém me falou nada assim. Fiquei mega emocionada e esse capítulo fiz pensando em você. E pode deixar que farei outras fics. Obrigada mesmo. Foi especial para mim.