Chapter 37: Capítulo 37 Um pouco de diversão

Um Estranho Conhecido

Capítulo Inédito – 14/09/2017

Disclaimer: Inuyasha não me pertence. A história sim.

*O*O*O*O*O*O*

Três semanas depois...

- Poxa é uma pena o Ryoga não ter vindo, ele disse por que não pode vir? - Kagome perguntou para Inuyasha ao se aproximar da fila dos brinquedos no parque aquático.

- O Ryoga está com a namorada nova dele.

- Sério?! Não sabia que ele estava namorando - Kagome respondeu.

- Sim, finalmente conseguiu convencer a garota, ela estuda com ele, faz anos que está tentando algo com ela, hoje me mandou uma mensagem falando que chamou ela para sair e finalmente ela aceitou.

- Que ótimo, menos um solteiro no grupo. - Kagome riu.

- Sim, olha lá o Bankotsu. Pode esquecer que vai passar o dia com a gente. - Inuyasha riu vendo seu melhor amigo já de papo com duas garotas na lanchonete. O parque acabara de abrir, mas estava muito quente, um domingo escaldante e o parque estava lotado.

- Esse parque é enorme tem coisa para caramba para fazer! - Kohaku comentou - Ein gente vocês vão pegar aquela fila enorme?

- Feh! Claro né! É a principal atração do parque! Um tobogã de 25 m de altura com quase 70° de inclinação até parece que vou perder essa!

- Andou pesquisando Inuyasha? - Jakotsu que estava logo atrás perguntou.

- Claro! Quando o negócio é diversão - ele riu - E ainda mais que estou com minha gata hoje. - ele sorriu para Kagome

- Hey pode parar de melação - Shippou ralhou - Nem comi ainda, senão vou vomitar.

- Pare de ser bobo Shippou, você me disse que seu irmão retomou a não muito tempo o namoro dele - Sayuri sua nova namorada afirmou.

- Eu sei, mas não precisa ficar todo meloso. - Shippou reclamou e Inuyasha lhe mostrou a língua.

- Pare de ser estraga prazeres Shippou, agora você também tem alguém para ficar de melação. - Inuyasha afirmou e abraçou sua namorada.

- Cadê o Miroku? - Sango perguntou - Mal entramos e já o perdi de vista.

- Não vi ele mesmo Sango - Kagome respondeu.

- Ah depois ele aparece, vamos lá para fila - Inuyasha falou e saiu arrastando Kagome

- Gente, sorry eu vou para o outro lado - Jakotsu falou fitando um rapaz que estava entrando na outra piscina.

- Feh! Lá vai o Jakotsu para a caçada, já perdemos mais um - Inuyasha afirmou.

Kagome riu - Seus amigos são pegadores - ela afirmou.

- Bah! São uns cabeçudos.

- Inuyasha agora você não está mais carente né, sua namo ta ai, deixa os caras se divertirem, vou dar uma olhada por ai também já que não estou afim de encarar essa fila - Kohaku afirmou e já se virou para o outro lado.

- Pronto ninguém vai ir com a gente nesse brinquedo, o Sesshy e a Rin já não estão ali atrás - Inuyasha afirmou balançando a cabeça ao ver que somente Kagome, Shippou, Sayuri e Sango estavam indo atrás dele para a fila.

- Ah Inu deixa o pessoal se divertir. - Kagome falou e começou a puxar o garoto para a fila que ele tanto queria ir.

xoXox

- Hey Inuyasha para de empurrar parece criança! – Shippou exclamou ao ser empurrado por seu irmão mais velho na enorme fila do tobogã.

- Feh! Pirralho não sei por que você está na minha frente! Eu que tive a ideia de vir aqui! E você ta ai na minha frente atrapalhando, eu que ia ir primeiro.

- Ah pare de me envergonhar na frente da Sayuri. – Shippou sussurrou olhando de soslaio para sua namorada que estava à sua frente na fila olhando para enorme fila com cara de quem não estava muito feliz.

Inuyasha sorriu – Ela tem que se acostumar pirralho! Você sempre será meu irmãozinho caçula e vou sempre tirar com você. - e estava entediado de ficar na fila, estavam parados a mais de 20 minutos e a fila não andara um passo se quer!

Kagome sorriu assistindo a interação entre os dois, adorava vê-los juntos brincando sem preocupações. A vida da banda se tornara muito corrida, muita coisa a ser feita, ensaios e mais ensaios, com o contrato fechado com a gravadora as coisas ficaram turbulentas, na semana anterior Hiroshi ligara dizendo que as primeiras musicas já iam começar a tocar nas rádios no próximo mês, e que queria mais musicas em breve. E estudar, ensaiar e se preocupar com tudo isso era muito exaustivo, cuidar da loja e se dedicar a banda estava consumindo muito do tempo deles, e agora com a pressão de ter conseguido uma gravadora, as musicas tinham que ficar prontas logo, os ensaios se tornaram menos descontraídos e cada dia era uma luta, no dia anterior a guitarra de Inuyasha quebrara, na semana anterior o baixo do Jakotsu e Inuyasha já estava começando a se preocupar com dinheiro para esse tipo de despesa, a pressão estava subindo muito rápido. e tirar um dia de folga para se divertir com amigos e familiares era essencial para relaxar um pouco.

Ela olhou para o sol sentindo o calor lhe queimar as bochechas, estava precisando de uma folga.

- Da licença. Dá licença, to passando. – Kagome se sentiu ser empurrada contra Inuyasha.

- Miroku! – ela gritou brava ao ver seu braço cheio de sorvete.

- Ops! Desculpe Kagome! – Miroku riu, ele estava segurando dois sorvetes um em cada mão – Ta aqui Sango de morango para você e de chocolate para mim.- ele disse entregando um sorvete a namorada.

- Miroku! Ai então era onde você tava cabeção! Já estava preocupada! Entramos no parque e você sumiu! E outra não era para você comprar sorvete agora! Estamos na fila cabeçudo! – Sango exclamou lhe dando um cascudo.

- Ah mas olha essa fila, olha esse sol, vamos demorar para subir e to louco para me refrescar. – ele reclamou.

- E você ainda por cima deixou a Kag toda melecada! - Sango lhe bateu de novo.

- Ah isso foi sem querer – ele disse olhando sem graça para a amiga que tentava se limpar.

- Esse Miroku é sem noção mesmo – Rin comentou logo atrás de Sango. Ela e Seshoumaru acabavam de chegar. – Nós vamos para a piscina menor, vou tomar um pouco de sol, vocês vão ficar ai meninas?

- Ah agora nem sei – Sango exclamou.

- Ah não Sango! Já estamos faz horas nessa fila infeliz para desistir agora. – Miroku reclamou.

- Miroku você acabou de chegar, já está até furando fila - Sango comentou olhando para as pessoas que estavam atrás dela com a cara de infelizes.

- Bom nós vamos indo - Rin disse e se afastou com o namorado.

- Inu, temos que ir nesse logo de cara? Por que não vamos... – Kagome começou, mas Inuyasha a interrompeu.

- Feh! Esse é a melhor atração do parque! Claro que vamos nela primeiro! – Inuyasha se manifestou.

- Não ligue para eles Sayuri, eles são assim mesmo. – Shippou sussurrou.

- Você me disse que eu ia me divertir – ela disse sorrindo para ele – E já estou, seu irmãos e amigos são muito engraçados.

- Ah olha que fofinho os dois juntos – Inuyasha tirou sarro deixando seu irmão mais novo vermelho como tomate.

- Pare Inu! Coitado do Shippou – Kagome ralhou.

- Vamos ficar nessa fila por horas – Sango reclamou – e a Rin que é esperta já se mandou daqui.

- Claro que ela é esperta né San – Kagome comentou – Nós que temos esses dois cabeçudos que não sabem esperar, podíamos ir nos outros agora que mais tarde lá pela hora do almoço não vai ter tanta gente nessa fila mais...

- Ah parem de reclamar, estamos aqui para nos divertir – Inuyasha falou.

- E o Inuyasha tem razão estamos aqui para nos divertir e é óbvio que vamos ir na melhor atração agora, acha que depois vai estar com a fila menor? Duvido. Por isso já peguei meu sorvete - Miroku afirmou dando uma lambida em seu sorvete

- É verdade, mas vou sentar ali e esperar – logo que Kagome disse isso a fila começou a andar.

- Ta vendo eles já abriram vamos lá! – Inuyasha exclamou.

zOzOzO zOzOzO

- Eu sabia que ia me arrepender de descer nesse negócio! – Sango exclamou saindo da piscina.

- Ah pare não foi tão ruim – Kagome disse.

- Como não? Quase quebrei meu pescoço! É muito alto esse negócio! E ainda subir tudo aquilo de escada quase acabou comigo!

- Ah amor bem que você precisa se exercitar, está muito sedentária! – Miroku exclamou e levou um cascudo – Ai!

- Está querendo dizer que sou gorda?! – Sango se exaltou e empurrou o namorado.

Kagome deu risada pensando 'esses dois, me divirto com eles', e se afastou deles enquanto continuavam a discutir.

- Poxa amor horas na fila e nem foi tudo aquilo que eu esperava, meu pescoço dói – Kagome comentou alongando o pescoço e olhando para o namorado que estava balançando o cabelo para sair o excesso de água.

- Feh! Eu gostei! Foi alucinante! E não vamos mais perder tempo! Vamos para o próximo! – ele respondeu lhe deu um selinho e começou a arrasta-la.

- Um que não tenha fila ein – Kagome falou e seguiu atrás do namorado deixando Sango e Miroku discutindo para trás.

xoXox

- Amanhã temos um monte de coisa para fazer preciso convocar uma reunião para ver como vamos arrecadar grana para pagar as coisas que quebraram, estou preocupado com o prazo das musicas e se não conseguir.. – Inuyasha comentou se aproximando de uma das piscinas e sentando na borda, já fora na metade das principais atrações do parque e quase não vira seus amigos da banda que estavam dispersos pelo enorme parque.

- Amor, pare! Não se preocupe, tudo vai se ajeitar, daremos um jeito – Kagome disse espalhando com os dedos a testa do garoto – Vamos pensar nisso amanhã, ok? Vamos nos divertir um pouquinho? Relaxa! – exclamou sentando ao lado dele.

- Feh! Eu to tentando! Já fomos em vários brinquedos e foi divertido, mas são coisas demais na minha cabeça, a loja ta indo bem, temos um contrato, mas me preocupo com dinheiro também, esses instrumentos quebrarem logo agora que temos prazo para entregar as musicas...

- Inu, não se estressa agora, esse é seu sonho, temos que batalhar para conseguir chegar lá, essas coisas fazem parte, quebram mesmo e se preocupar agora não vai resolver, pelo menos não hoje né. Você queria um dia de folga, faz três semanas já que estamos tentando programar um passeio, então curta – ela suspirou e lhe deu beijo

- Tá, vou tentar. - ele lhe respondeu.

Kagome balançou as pernas na água e olhou para os lados - É tão engraçado ver o Shippo de namoradinha, ele fica todo acanhado. – o casal estava de pé na beira da piscina há alguns metros deles.

- Sim é incrível ver como ele cresceu, depois de tudo que passamos, finalmente estamos bem, livres de todo aquele problema, tensão, medo. Eu vou lá provoca-lo um pouco.

- Inu! Pare! Deixe ele relaxar, coitado!

- Eu não! Adoro provoca-lo e você disse para não ficar me preocupando, vou lá me distrair – o garoto piscou para a namorada e se levantou, Kagome assistiu enquanto ele chegava sorrateiro por trás do irmão e o derrubava com tudo na piscina.

- INUYASHA! – o garoto gritou.

Kagome riu enquanto os dois rapazes se esmurravam.

- Eles são sempre assim? – Sayuri perguntou se aproximando de Kagome e sentando-se ao seu lado.

- São. – ela afirmou – sempre se engalfinhando, Inuyasha adora provocar o pobre.

- Shippou admira muito o irmão.

- É mesmo? – Kagome perguntou.

- Sim, eu vejo quando ele fala sabe, sei que estamos juntos a pouquíssimo tempo, mas eu vejo como ele idolatra o irmão, chega a ser engraçado de ver como se tratam.

- Os dois já passaram por muita coisa, é bom se divertir um pouco.

- Sim, vocês trabalham demais, até o Shippou quando chega na aula só fala da banda.

- É, trabalhar com musica não é só alegria, é muito trabalho duro. – Kagome comentou.

- No que eu puder ajudar, saiba que pode me chamar ein – Sayuri afirmou – Não sei muito, mas ajudarei como puder.

- Ajuda é sempre bem vinda. Obrigada.

- Aliás, ainda não falei com o Shippou, como faz pouco tempo que estamos juntos, e não conheço vocês muito bem, mas ouvi vocês dizendo que estão preocupados, bem...meu pai está procurando negócios para investir, vocês tem um empresário ou algo do tipo que ele possa conversar?

Kagome arregalou os olhos, surpresa – Nossa! Poxa vida! Isso seria maravilhoso! O Sesshoumaru que lida mais com essas questões, se você quiser dar um cartão para ele ou algo assim.

- Ah ótimo! Meu pai está sempre procurando novos empreendimentos. – Sayuri disse.

- O que seu pai faz?

- Ele é investidor, adora procurar novas oportunidades, está nisso há anos. Desde que posso me lembrar, ganhamos muito dinheiro uma vez investindo numa rede de hotéis.

- Nossa! Que bacana! O Inuyasha vai ficar contente com a noticia! Depois me passe o contato por favor.

- Claro!

- Hey Inu! – Kagome chamou – Tenho uma noticia boa para você! Ganhamos um possível investidor!

- Nani? – o rapaz exclamou segurando seu irmão pelo pescoço. – Sério?! Quem?

- Meu pai – Sayuri respondeu. – Ele é investidor, está a procura de novos negócios e acho que vai se interessar por investir na sua banda.

- Uau! Nossa! Isso vai ser ótimo! Já diminui um pouco minhas preocupações!

Sayuri ficou vermelha – Fico feliz em ajudar.

- Nossa! Tenho que encontrar o Sesshoumaru! SESSHOUMARU! – Inuyasha saiu gritando e correndo da piscina.

Kagome ficou só olhando – Olha só! – ela riu. – Obrigada Sayuri, acho que já melhorou o dia dele, ele estava preocupado com a banda.

Sayuri sorriu – Não há de que.

- Hey Kag! – Sango exclamou. – O que houve que vi o Inuyasha sair correndo procurando o Sesshy?

Kagome lhe contou as boas novas.

- Opa! Isso é muito bom! Valeu Sayuri! – Sango exclamou.

- É depois ela vai passar o contato, mas o Inu não se aguentou saiu correndo. – Kagome disse.

- Esse Inuyasha! – Sango riu. – Ein Kagome, vamos nos divertir ou vai ficar sentada ai?

Kagome riu – Claro que vamos, o que acha de irmos naquele tobogã ali? Tem pouca fila, e esse é com bóia, olha só!

- Parece bacana, venha Mi, vamos Sayuri e Shippou! – Sango chamou e se dirigiu ao local para enfrentar a fila. – Vamos tirar uma selfi? Deixa eu pegar meu celular.

FLASH! SPLASH!

No momento que a foto fez clique Inuyasha apareceu correndo escorregou numa poça d'água e foi direto para dentro da piscina.

- MEU DEUS! INUYASHA?! Está bem?! – Kagome exclamou correndo até ele.

- Ai! Porra! Minha cabeça tá doendo, quem deixou essa água ali?! – o garoto exclamou esfregando a cabeça fazendo cara de dor.

- Dã! Cabeçudo! Estamos num parque aquático tem água para todo lado! Você que não deveria estar correndo por ai feito louco! – Kagome gritou.

- Ah mas to procurando o idiota do Sesshoumaru não achei ele em lugar nenhum!

- Hey vocês vejam só como que ficou a foto – Sango chamou dando risada.

Inuyasha e Kagome se aproximaram para olhar a foto e caíram na gargalhada, lá estava Inuyasha caindo na água.

Miroku riu.- Olha a sua cara de assustada Sango!

- Não, olha a cara de todo mundo e o Inu lá trás! - Kagome gargalhou.

- Feh! Parem já de rir de mim! Está doendo ainda. – Inuyasha reclamou.

- Bem feito – Kagome disse – Podia ter machucado outra pessoa, tem que ter cuidado Inu.

Ele fez careta para ela – Ta! Onde que está aquele inútil?

- Quem está chamando de inútil irmãozinho? – Sesshoumaru perguntou aparecendo atrás de Inuyasha.

- De você né, quem mais? Te procurei pelo parque todo! Conseguimos um investidor! – Inuyasha exclamou.

Sesshoumaru franziu a testa - Está falando do que? – perguntou.

- Um investidor oras, o pai da Sayuri ali é investidor e ele pode estar interessado na banda! – disse Inuyasha apontando para a garota.

- Sério Say? – Shippou perguntou.

- Sim Shippou, meu pai ficou bem interessado dai falei para a Kagome e eles adoraram a ideia. – a garota respondeu.

- Mas também isso é excelente! E você não me contou? - Shippou reclamou.

- Ah Shippou eu esqueci é que bem..ã.. – ela se atrapalhou.

- Tá tudo bem – ele afirmou a abraçando.

- Isso é muito interessante depois me passe o telefone dele – Sesshoumaru afirmou olhando para Sayuri – Agradecemos a oportunidade.

- Disponha! – ela respondeu ruborizada.

- Mas tá venham todos aqui ver a foto do Inu – Sango chamou.

Todos riram com a foto de Inuyasha caindo na água e depois pegaram a fila para ir a mais uma das atrações do parque.

xOxOxOx

- Nossa! Estou moída! – Kagome exclamou se jogando na cama. – Que dia divertido mais exaustivo.

- Ah com certeza e eu to todo dolorido dos tombos que levei – Inuyasha afirmou. – To louco para tomar um banho relaxante e receber uma massagem.

- Uma massagem? Quem disse que vou te massagear?

- Oras amor, mulher é para essas coisas, cuidar do homem dela, dar carinho, assistência...

- Ah tá, também quero daí. Meus pés estão doendo de ter pisado naquele espinho.

- Também com tanta calçada vai cortar caminho logo pela grama. – ele reclamou.

- Mas você não parava de gritar me chamando para ver aquele peixe no aquário.

- Ah mas eu não ia adivinhar que você orelhuda ia vir pela grama! Não sabia que lá também tinha aquário e com tantos peixes me deu vontade de nadar com eles!

- Sim, bem lindo! E com tantos peixes variados, uma atração a parte do parque, ouvi dizer que abriu um aquário enorme não muito longe de onde fomos hoje e que dá para nadar com tubarão.

- Sério?! Temos que ir lá então!

- Uhum, vamos sim, só marcar. Ah! Hoje foi um dia e tanto né. – ela disse se aproximando do garoto que se jogara na cama ao lado dela.

- Sim, adorei o dia, deu para relaxar e a proposta da Sayuri, nossa, ainda estou impressionado.

- Eu também, ela mal nos conhece. Se bem que Shippou já estava atrás dela faz um bom tempo né.

- Estava, ele penou um pouco para convence-la. - ele relaxou na cama e disse - Amanhã será um novo dia para os Dark Knights.

- Sim com certeza e vamos ter muito sucesso pode ter certeza! Merecemos!


Olá galera, ainda tem alguém ai? Então ai está um capítulo a mais, desculpe pelos anos de demora, semana passada recebi um email com uma review e me deu uma nostalgia e vontade de escrever assim do nada, desculpe se não estiver lá essas coisas, pois estou mega enferrujada, não leio nem escrevo há anos...muita coisa mudou na minha vida.

Vou ver para trabalhar no ultimo capítulo! Até breve então! E se tiver alguém ai ainda manda um Oi!

Att Carla