OLÁÁ! Finalmente depois de 7 longos anos segue o ultimo capítulo da minha amada segunda fic escrita completamente por mim para o deleite de vocês, sei que muuuuita gente que lia desistiu da fic pela longa espera...e sei que faz parte, apesar de eu ficar um tanto triste, me orgulho de ter terminado! Espero de coração que gostem e me contem o que acharam! É muitissimo importante a opinião de vocês para mim, me faz muito feliz e quanto mais feliz fico mais escrevo! Até fiz um história extra continuando essa para vocês! Já está postada e completa se chama Honey Moon, por favor me digam o que acharam dessa fic e passem na outra! Não esqueçam de me dizer o que acharam! Vou esperar ansiosamente!


Um Estranho Conhecido

Último Capítulo – 14/09/2017

Disclaimer: Inuyasha não me pertence. A história sim.

*O*O*O*O*O*O*

.

ALGUNS ANOS DEPOIS...

Kagome estava nervosa, como sempre ficava antes de uma apresentação, fazia três anos que se formara na faculdade e agora dedicava sua vida a banda que estava em pleno sucesso fazendo hoje seu primeiro show internacional em Nova York. Jamais imaginara um dia que sua vida ia mudar tanto, de adolescente reggueira para cantora de POP/ROCK reconhecida e mundialmente aclamada, seguindo em frente numa carreira meteórica, mais famosa do que poderia se quer imaginar e viajando em turnê junto ao seu amado Inuyasha.

O sonho dele se tornara seu, como casal estavam vivendo juntos a mais louca aventura de suas vidas, e a banda se tornara sua segunda família. Sua rotina mudara da água para o vinho, viajando em trailers com a banda e os assistentes, quase nunca via sua família e amigos, fazia uns 6 meses que não via sua mãe, estava morta de saudades. Todos os dias agora era aquela loucura, ensaiar, se preparar, comprar novas roupas e acessórios para os shows e etc. As horas e os dias se passavam num borrão, mas estava feliz, estava com Inuyasha compartilhando de seus momentos de alegria, de estresse, de nervoso, da adrenalina que se apoderava em cada show. Era incrível ver como o rapaz estava realizado, essa vida agitada ela nunca teria sequer sonhado, três anos viajando pelo Japão fora exaustivo, e estava ansiosa para acabar logo essa turnê pelos Estados Unidos e ter algum descanso.

Logo que a banda começara a fazer sucesso nas rádios Sesshoumaru deixara de administra-la e cedera o cargo ao pai de Sayuri, o Sr. Myouga que se apaixonara tanto pela musica da banda que largara sua carreira como investidor para se dedicar plenamente a administração da banda. Sesshoumaru agora trabalhava em parceria com uma fábrica que estava produzindo camisetas e acessórios dos Dark Knights, sua pequena loja de roupa tinha se transformado numa franquia com dez filiais oficiais onde vendiam as camisetas autografadas da banda, tendo sede fixa em Kyoto onde Rin atuava como administradora e com Sesshoumaru à frente dos negócios o ramo de vendas de camiseta estava explodindo.

A banda sob a administração de Myouga crescera horrores, estavam mundialmente famosos e tinham fãs por todo o mundo que estavam ávidos aguardando calendário das novas turnês para saber se seu país estava na lista.

Kagome sentia saudade de sua família e de Sango sua melhor amiga que seguira um caminho diferente desistindo da faculdade de engenharia do som para se dedicar a medicina após a trágica morte de sua mãe. Miroku e Sango estavam ambos trabalhando juntos num hospital em Kyoto.

A morena respirou fundo para acalmar-se já deveria estar acostumada com a sensação, mas não conseguia, sempre era assim, o nervosismo, a ansiedade, os nervos à flor da pele, cada show era uma sensação diferente, borboletas no estômago, coração batendo forte e aquele sentimento de que algo incrível ia acontecer.

- Tudo bem aí? – Kohaku perguntou ajeitando seu teclado.

- Sim tudo ótimo, só o frio na barriga como sempre. – ela respondeu e Kohaku sorriu.

Kagome subiu no palco se preparando para mais uma vez cantar fora a sua alma, nessa noite ela vestia um vestido curto, que era basicamente um corselet de renda preto com detalhes em vermelho, meia quadriculada preta e bota de salto alto.

Ela se posicionou ao lado direito de Inuyasha e pegou sua guitarra verificando se estava tudo dentro do esperado, ela olhou para ele, estava tão lindo com seu cabelo recém cortado, estava novamente usando aquele penteado maluco todo arrepiado que deixava seu piercieng e seu brinco de argola a mostra. Ele estava vestindo uma regata branca nessa noite que abraçava perfeitamente os músculos de seu peito e calça jeans rasgada. Nunca ia deixar de admira-lo, mudara tanto em todos esses anos, com seus penteados variados seu jeito diferente de ser. Ela respirou fundo, se sentia mais calma por tê-lo ao seu lado.

- Quem ia imaginar que um dia estaríamos aqui em Nova York se apresentando? – Inuyasha lhe perguntou checando seus instrumentos.

- Nunca que eu ia se quer sonhar isso Inu, nossa vida deu uma virada total!

- Com certeza, você está pronta?

- Uhh..Como nunca estarei – ela respondeu sorrindo.

Inuyasha sorriu e lhe mandou um beijo com a mão - Te amo - ele disse e as luzes se apagaram antes que ela pudesse corresponder.

As cortinas se abriram e a luz iluminou o palco, a introdução de 'Breaking the habit' começou a tocar e a multidão começou a gritar quando Inuyasha foi iluminado e logo ele começou a cantar:

Memories consume
Memórias consomem
Like opening the wound
Como se abrissem a ferida
I'm picking me apart again
Eu estou me criticando de novo
You all assume
Vocês supõem
I'm safe here in my room
Que estou seguro aqui em meu quarto
Unless I try to start again

A menos que eu tente começar de novo

I don't want to be the one
Eu não quero ser o único
The battles always choose
Que sempre escolhe as batalhas
'Cause inside I realize
Porque, por dentro, percebo
That I'm the one confused

Que eu sou o único confuso

[...]

I don't know how I got this way
Eu não sei como fiquei desse jeito
I know it's not alright
Eu sei que isso não está certo
So I'm breaking the habit
Então, estou quebrando o hábito
Breaking the habit
Quebrando o hábito
Tonight

Esta noite

Quando eles terminaram de cantar a multidão foi à loucura, gritos e mais gritos ecoaram pelo estádio, luzes brilhavam e o barulho era ensurdecedor.

- Boa noite Nova York! – Inuyasha gritou e a plateia gritou de volta. - Preparados para se divertir essa noite? – ele perguntou e sorriu para Kagome quando o pessoal gritou que Sim.

- É um imenso prazer estar aqui com vocês! Vamos nos divertir galera! Quem está pronto? - Kagome perguntou e a multidão se descabelou aos berros.

Eles começaram a tocar a introdução de "Ultimate You" e Kagome começou a cantar:

{ Ultimate you – Lindsey Lohan}

You're the kind of friend
Você é o tipo de amigo
Who always bends when I'm broken
que sempre se curva quando estou machucada
Like remember when
Como, lembra quando
You took my heart and put it back together again

Você pegou meu coração e colou seus pedaços?

I've been wasting time with clueless guys but now it's over
Eu venho perdendo tempo com vestígios de garotos, mas agora acabou
Let me tell you why
Deixe-me dizer-lhe porque
I'm through
Estou inteira
I've met someone new who's just like you

Eu venho conhecendo uma pessoa nova, que é igual a você
You're it, you're the ultimate
É você. Você é o definitivo!

- Boa noite galera! – Kagome gritou – Estão se divertindo?

Ela sorriu para a plateia, e a gritaria começou – Então vamos cantar! Vamos lá "Reach".

A banda tocou mais três musicas e ao finalizar Inuyasha gritou:

- Obrigado galera por esse show maravilhoso! Nessa noite perfeita aqui! – Inuyasha gritou emocionado com a receptividade da multidão norte-americana. - Essa noite eu tenho uma surpresa para vocês, uma nova musica que teve que ser composta as escondidas! – ele riu e Kagome o fitou sem entender, o assistente trocou a guitarra de Inuyasha por um violão e Inuyasha disse – Vamos lá:

{ Marry me – Train}

Forever can never be long enough for me

Para sempre pode nunca ser o suficiente para mim

Feel like I've had long enough with you

Sinto como eu tive tempo suficiente com você

Forget the world now we won't let them see

Esqueça o mundo agora não vamos deixá-los ver

But there's one thing left to do

Mas há uma coisa a fazer

Now that the weight has lifted

Agora que o peso foi suspenso

Love has surely shifted my way

O amor certamente tem mudado minha maneira

Marry Me

Case comigo

Today and every day

Hoje e todos os dias

Marry Me

Case comigo

Ele parou de cantar e o holofote iluminou Kagome, Inuyasha entregou seu violão ao assistente de palco e foi até ela, tirou uma caixinha com um anel do bolso, abriu a caixinha e se ajoelhou a frente da garota.

- Kagome você casa comigo? – Inuyasha perguntou.

A morena notou que suas mãos estavam trêmulas: - Sim! Sim! – gritou, lágrimas lhe banhando a face, Inuyasha colocou o anel no dedo dela.

Enquanto a multidão se esgoelava Inuyasha abafou o microfone e disse - Eu te amo – Ela a beijou e os gritos aumentaram a multidão se enlouquecendo com a proposta ao vivo.

Kagome abafou o microfone e disse - Hoje é o dia mais feliz da minha vida! – voltou-se para a multidão falando agora no microfone – Gente! Estou muito emocionada, eu certamente não esperava, Inuyasha seu danado! E vocês galera – ela se dirigiu a banda – Armando essa proposta linda e inesquecível pelas minhas costas – ela sorriu e os meninos da banda sorriram de volta– Estou muito muito feliz! Esse é o dia mais feliz da minha vida e fico emocionada em dizer na frente de todos aqui que eu amo muito esse homem! – a multidão gritou e ela continuou – Nossa história não foi fácil passamos por poucas e boas, brigamos, lutamos e enfim durante todos esses anos o amor sempre prevaleceu e isso é uma dádiva nas nossas vidas! Vamos cantar galera que o show tem que continuar!

Os Dark Knights tocaram mais algumas musicas e terminaram sua apresentação. A banda se dirigiu aos bastidores para conversar com os fãs VIPs, mas antes Kagome interceptou Inuyasha após ele entregar ao assistente seus equipamentos.

- Inuyasha! – Kagome gritou o abraçando – Seu louco! Como você me faz isso na frente de tantas pessoas eu quase tive um infarto! E como conseguiu esconder isso de mim?

O rapaz riu – Ficou surpresa né? Armei direitinho – ele riu de novo – Você sabe que é o amor da minha vida, e tão especial como você é, meu pedido também teria de ser né.

- Você consegue ser tão romântico. Me deixa sem fôlego, foi inacreditável, estou arfando até agora, não achei que conseguiria continuar com o show. - ela disse se abanando.

- Eu te amo Kagome. Sabe que sempre foi o amor da minha vida, cada momento contigo é especial, é raro e único e quero oficializar nossa união ao mundo.

- Oh Inuyasha, você não faz ideia o quanto que te amo, o amor que sinto por você transcende o espaço tempo, e pensar em tudo que passamos, tudo que enfrentamos juntos, eu tenho a certeza absoluta que é contigo que quero estar, contigo ficarei velhinha e caquética e você vai ter que me carregar por ai.

Inuyasha riu - Você vai ser a velhinha mais chata, mas será minha velhinha caquética.

Kagome riu e beijou seu amado.

- Hey gente, temos uns fãs aqui especiais para falar com vocês. - Ryoga avisou

Em seguida Miroku, Sango, Shippou, Sayuri, a mãe de Kagome, Souta, Sesshoumaru e Rin entraram nos bastidores.

- Pessoal! Nossa! Que surpresa! Inuyasha! Você é maravilhoso! - Kagome gritou e correu para abraçar seus amigos e familiares que não via há alguns meses.

- Vocês viram? - ela perguntou mostrando o anel aos gritos de Uhu, Parabéns de seus amigos. Kagome abraçou sua mãe.

- Está feliz minha filha? - a senhora perguntou.

- Nossa, demais! Eu nunca esperaria algo assim e ter vocês aqui comigo nesse momento, não dá para descrever minha felicidade.

- Faço tudo por você minha Kagome - Inuyasha disse se aproximando da garota e abraçando-a.

Bankotsu se aproximou e deu um tapa nas costas do Inuyasha - Vai casar né muleque, quero ir na festa de solteiro!

Inuyasha riu e Kagome reclamou - Até parece que vai rolar essa festa.

- Ciúmes querida? - Inuyasha deu risada.

- Que nada, só cuido do que é meu - ela retrucou e os amigos começaram a rir fazendo piada sobre o assunto.

Jakotsu então falou - Agora não tenho mais chance com a bela Kagome, está oficialmente comprometida.

Kagome riu - Ah Jak, eu guardo um pedacinho do meu coração para você amigo.

Inuyasha se manifestou - Nani?! Seu coração é todo meu e não divido nem um milésimo dele!

Kagome deu risada enquanto Jakotsu abraçava Inuyasha lhe puxando as orelhas - Ah Inu só um pedacinho divide ai, sabe que a Kah-chan ilumina nossa vida, a única flor bela no meio desse monte de espinho que somos nós.

Kagome sorriu assistindo a interação de seus amigos e parentes, esse momento de descontração era o que mais gostava nas viagens com a banda, sempre tinha essa animação, esse companheirismo, e o prazer simples de estar com seus amados vivendo mais esse momento ao qual nunca se esqueceria.

Fim~


Hello everybody!

Acabooooouuuu, então galera, foram mais de 7 anos de história, a fic foi reescrita e editada quatro vezes, teve drama, teve comédia, romance e espero de coração que tenham curtido a história que é meu xodó, foi a segunda história que escrevi e estava com muita dó de conclui-la e sem vontade mesmo de acabar com o que tinha começado, me dói um pouco o coração postar esse final, mas depois de tanta enrolação uma história ao qual me dediquei tanto não poderia ficar assim abandonada. Esse final já tinha planejado há muito tempo e espero que tenham curtido. São mais de 400 páginas oficialmente finalizadas para vocês.


Estou aguardando ansiosamente suas reviews! Não me deixe aqui sozinha! Me mande reviews! Preciso saber sua opinião! Não deixe o site morrer por falta de incentivo dos leitores!

Carla Taisho