O filme acabou. Era até legal, mas eu nem tava mais aguentando ficar naquele cinema!

_Vamos, gente? - Magali disse.

_Vamos! - Eu disse, mal-humorada.

_O que aconteceu, Mô? - Cebola disse, sem saber por que eu estava assim.

_Vem aqui! - Eu puxei ele pelo braço e fui pro canto da sala de cinema.


_Ai, será quê...? - Magali dizia a Cascão, bem baixinho, indo em direção a porta da sala do cinema.

_Nem sei, viu... A Mô ta tão estranha... - Cascão afirmava, do mesmo jeito da Magali.

_Vamos ver...Vou pegar um suco na lanchonete! - Magali apontava para a lanchonete.


-Vou com você! - Disse Cascão, indo em direção a lanchonete.

_Por que você me trouxe pra cá, Mônica? - Ele dizia desentendido.

_Por que você não me quis dar a mão na hora que a a gennte entrou? - Eu dizia brava.

_Por...por que...p-por que o Cascão ia ficar me zoando! É isso! Ele ia ficar em zoando e... - Eu o interrompi.

_Você tem medo de me dar a mão por causa do Cascão? Pensei que você gostava de mim... - Eu virei de costas para o Cebola.

_Calma! Eu gosto de você! - Cebola dizia segurando meu braço

_Me solta! Se gostasse não teria vergonha de expressar isso! Tchau! - Eu sai correndo e ele foi atras de mim.

Quando cheguei na area da lanchonete, ele segurou meu braço novamente e disse:

_Me perdoa, Mô! Eu não divia ter feito isso!

_Me solta! Feito ta feito! Não tem jeito de voltar atrás! Pensasse bem antes de fazer isso... Para perder uma amizade... Ou coisas mais... - Eu me soltei e rapidamente sai do cinema!

Eu tava muito magoada com o Cebola, pô! Ter vergonha de me dar a mão por causa disso... Eu sai chorando, claro. A Magali me viu sair correndo e foi atrás de mim. Cheguei em casa minha mãe me viu e perguntou o que aconteceu, mas eu entrei rapidamente no meu quarto e nem respondi. A Magali ficou batendo na porta do quarto, mas eu nem abri, eu tava querendo ficar sozinha. Ela entendeu e foi embora. Eu fiquei pensando em tudo que já aconteceu comigo e com o Cebola... Até que adormeci.