Capitulo 1

We Were Both Young

- Eu não vou voltar! – rosnei levantando do meu lugar no escritório de meu pai, Rei Evans, Lily lançou um olhar de advertência que eu ignorei, ninguém me obrigaria a casar por um acordo.

- Você irá acabar esse ano em Hogwarts e virá para casa preparada para conhecer seu futuro marido, pois quando você acabar o sétimo ano irão se casar – respondeu aquele que se diz meu pai, seus cabelos loiros deixavam a mostra a cabeça vermelha dele.

- Já lhe disse há anos que ninguém vai me obrigar a casar com quem não amo, entenda – falei caminhando para a porta da sala, os olhos verdes da minha irmã em mim.

Bati a porta e subi para meu quarto, sentando na cama, muitos planos me passando pela cabeça, o único fator é que eu não sabia que caminho seguir.

Eu voltaria para as férias e deixaria meu futuro marido querendo fugir e nunca mais me ver, então faria meu sétimo ano em Hogwarts e depois iria para bem longe daqui antes que meu pai arrumasse outro marido para mim.

Levantei com um sorriso quando a ruiva da minha gêmea, não me pergunte como ela pode ser ruiva já que eu sou loira, única resposta é magia, entrou no quarto se sentando na minha cama.

- Lity você precisa mesmo discutir com ele todas às vezes? Você sabe dês que nasceu que era esse o plano.

Minha irmã me irritava às vezes, ela parecia encarar tudo tão calmamente que me deixava ainda mais nervosa, imagine alguém mandando na sua vida, humft!

- Você diz isso porque se apaixonou pelo seu remetente secreto – debochei. Lily havia começado dês dos dez anos a se comunicar por carta com o futuro marido dela, exceto que todos faziam um enorme segredo a respeito de quem ele era, papai disse que tem um motivo... De certo ele deve ser tremendamente feio. Mas o caso é que ela o acha formidável e é louca pelo futuro marido, bem diferente de mim...

- Se você desse uma chance para o seu talvez acabasse se apaixonando por ele – Lily falava isso todas às vezes me fazendo ter vontade de bater com a cabeça na parede.

- Você mesma disse que ele é obtuso – resmunguei andando pelo quarto enquanto arrumava as malas para ir para meu sexto ano em Hogwarts.

- Você não vai fica com Sirius, Lility – murmurou me fazendo largar pesadamente minhas roupas na mala e me virar para ela.

- Sirius é meu melhor amigo, não sei da onde... – como sempre ela me cortou, esse era um assunto antigo também.

- Da maneira como seus olhos brilham a vê-lo, ou como você tem que se controlar quando o vê com outra garota, ou a maneira que você sorri perto dele. Por que você se deixou apaixonar? E logo pelo Sirius?

- Eu não vou mais discutir esse assunto com você Lil, você sabe que Sirius é meu amigo, pense o que quiser – ela balançou a cabeça.

- Bom, aproveite antes de se casar, é só o que posso sugerir já que você não vai desistir dele – com essa frase consoladora ela saiu do quarto, Lily sabia ser bem irritante quando queria, eu não me casaria, um dia ela entenderia.

Uma carta me alcançou assim que cheguei ao meu quarto, agradeci a minha coruja Estella e abri a carta com cuidado, reconhecendo a caligrafia antes de abri-la.

Julieta,

Acabei de saber que seremos apresentados no final do ano letivo, estou aguardando esse encontro.

Com amor,

Romeu.

Lily riu dos apelidos que ela havia inventado, adorava livros trouxas, já que seu próprio pai era um trouxa. Engraçado que como ele era um trouxa, queria casar as filhas com bruxos.

- Minha sorte é ter o Romeu como marido – sussurrou com o sorriso se desmanchando ao pensar em Lility, ela nunca encararia bem o casamento e duvidava que um dia ela fosse se esquecer do Sirius.

Sentou na cama pensando em tudo que viria nessa volta do Natal para Hogwarts. Reencontraria o Potter e seus convites insistentes, ele nunca entenderia que ela tinha um noivo, alias não sabia como nunca desconfiaram que Lility também tinha um noivo, é tão obvio! Talvez pelo comportamento dela, mas estava na hora de saberem, Lily contaria para Sirius, fazer a irmã feliz pelo menos por um tempo, mas só se descobrisse que ele gostava da irmã e nada melhor que Remus para isso, meu melhor amigo.

Deixando meus pensamentos de lado peguei uma pena e pergaminho para responder, guardando a carta na minha caixinha junto com varias outras do mesmo dono.

Preocupava-me que Romeu nunca seria feliz comigo, já que falava sempre de uma garota em suas cartas e o quanto a amava, sendo que eu sou só uma amiga, a melhor amiga como dizia.

Se Lity tinha problemas com Sirius, não seria nem metade dos problemas que eu vou ter me casando com alguém que amo com ele pensando em outra, suspirei batendo com a pena na minha cabeça de nada adiantaria se lamentar.


N/A: Olá! Eu preciso dar algumas explicações sobre a fic, e também dizer que já a tenho pronta então vocês não vão precisar demorar anos esperando uma atualização como anda acontecendo, eu espero.

A historia vai ter mais de quarenta capítulos, lá por sessenta, como estou escrevendo isso antes de escrever toda a história eu vou deixa na imaginação de você quantos serão, mas no planejamento é mais de sessenta, então me acompanhem?

Eu imaginei essa fic baseada na musica Love Story, que eu acho linda como a romântica que sou, eu tentei escreve três vezes até chegar a essa versão, que eu espero que você gostem.

Lility e Lily são gêmeas, mas como tem magia uma é loira e a outra ruiva, eu pessoalmente adoro as duas, mas eu fiz historias diferentes para cada uma delas e espero que vocês gostem.

O Senhor Evans é rei de uma cidade pequena de Londres, Liverday, e é um trouxa, mas ele como sabe que as filhas são bruxas resolveu que vai casa-las com dois bruxos, eu não quero adiantar a historia, mas como esse capitulo mostra vai ter muita confusão em volta disso, afinal estamos falando de geniosas Evans.

Bom me despeço e espero voltar logo e vai depender só de vocês e suas reviews.

Beijos.

PS:

Lily Elisabeth Evans é dedicada a Diih (Doidinha Prongs) porque foi com ela que passei tardes discutindo sobre de quem o Ed era (Ele é MEU!), e todos as discussões divertidas que seguirão.

Livy Isabelle Evans é dedicada a Any (1lily Evans) por todos os momentos incríveis que passamos e passaremos juntos, porque nossas historia é uma história de amor de irmãs.

Lility Marye Evans é uma versão minha, só que bonita e louca claro. ;D (Eu não sou louca não! Não ousem me difamar!) Shsauhsaushuahsuahsuahsua.

Beijos.