Cuddy estava em seu escritório quando um advogado bem mal humorado entrou.

"A senhora é a doutora House?"

"Sim?"

"Gostaria que assinasse aqui e aqui."

Ele apontou para duas folhas e lhe disse que era um processo .

"Como? Eu não estou entendendo.."

"Você está sendo processada por sua paciente, Jessica Austen."

"Olha me desculpa, mas eu não tenho nenhuma…"

Eu não acredito, eu não acredito, eu não acredito.

"Eu acho que você se enganou comigo, provavelmente o processo é pro outro doutor House."

"Não, acho que não, eu acabei de falar com ele e ele disse a mesma coisa."

O sangue de Cuddy começou a fervilhar, ela não acreditava que ele estava fazendo isso de novo, era a segunda vez em apenas um mês.

"Espere um momento que eu já volto."

Ela saiu marchando de seu escritório, quase afundando o piso de tão pesado que era seu andar.

Passou por sua porta, viu um empregado mudando os dizeres de seu nome e seguiu em frente, até brecar impulsivamente e se virar de volta.

Seu novo nome já estava estampado em sua porta, indicando que a diretora do hospital se chamava Lisa House.

Ela se aproximou do homem que tinha acabado de trocar seu nome.

"Desculpa mas esse nome…"

Ela olhou para a porta do elevador e viu House saindo com sua equipe.

"…Me traz muito problema."

Ela tentou se desculpar e fez um último pedido.

"Você pode voltar pra Lisa Cuddy?"

Ele concordou meio sem vontade e ela foi atrás de House querendo matá-lo, o que era normal em todos os dias.

O que seria dele se ela não o amasse?