Nota- Bem, para começar, se alguém não sabe o que é um aquaplay, procure no Google antes de começara ler. É um brinquedo tão antigo que eu imagino que era um lançamento nos anos 70. Apesar de James e Lily ocupar a maior parte, a relação que eu quis insinuar é a de Sirius e Marlene, então...

\/\/\/

Esse objeto é tão divertido a ponto de fazer o seu melhor amigo trocar você por uma tarde inteira? Não me entenda mal, eu não estou com ciúme de um brinquedo trouxa, ele nem é de do ruim, eu até me diverti por cinco minutos. Mas não é tão fantástico a ponte de merecer atenção por uma tarde inteira.

Eu esfreguei meus olhos e dei um suspiro de impaciência. Sirius nem ligou. Remus deu uma risadinha sem tirar os olhos do seu livro. E Peter continuou olhando para o infantil brinquedo, esperando sua vez.

"Ah, vamos lá Sirius!" Peter chiou "Já é a minha vez!"

Sirius murmurou alguma coisa incompreensível, e não entregou o brinquedo para Peter.

"Peter, quer dar uma volta?" Remus fechou o livro e perguntou "Essa atenção toda não faz bem para você"

Eu ri. Peter levantou, não antes de lançar um olhar assassino para Sirius, e seguiu Remus para fora do salão comunal. E Sirius não tirava os olhos do aquaplay. Eu sai do lado dele e me pus a andar em círculos pelo salão comunal. E o Sirius? Bem, ele continuou brincando com o aquaplay.

Alguns minutos depois, o buraco do retrato se abriu, e entraram duas garotas. Marlene McKinnon e Lily Evans.

Marlene imediatamente olhou para o aquaplay nas mãos de Sirius. "O que é isso?" Ela se sentou do lado dele no sofá. "Onde você arrumou isso? Eu quero um também!"

Sirius se dignou a parar de jogar o aquaplay por alguns segundos para olhar para Marlene "O nome disso é aquaplay. É um brinquedo trouxa. Remus me deu. Você pode pedir para ele." Ele disse isso e voltou a jogar.

"Não vou pedir para o Remus" Marlene afirmou. "Você pode me emprestar o seu"

"Não vou te emprestar meu aquaplay!" Sirius disse indignado "É meu!"

Marlene retrucou alguma coisa. Mas eu desisti de assistir. Eu segurei o pulso de Lily e, gentilmente, comecei a arrasta-la de novo para o buraco do retrato. "Vamos para a ronda"

"James, a ronda é só daqui uma hora" Ela argumentou.

Eu soltei o pulso dela depois que saímos do salão comunal. "Melhor assim" Dei um sorriso safado. Ela riu.

Nós fizemos a ronda e fizemos mais algumas coisas, bem, que os jovens namorados fazem quando estão sozinhos, e algumas horas depois voltamos em direção ao salão comunal. Depois de dizer a senha, eu entrei com Lily em meu encalço. E o que eu vi me surpreendeu.

O aquaplay estava jogado bem no meio do salão comunal. Sem ninguém brincando. E sem ninguém brigando por ele.

Eu olhei para Lily. Ela fez uma careta indicando o dormitório masculino. Nós subimos as escadas silenciosamente. Ela abriu a porta devagar e arregalou os olhos para o que quer que estivesse lá dentro. Então ela colocou o dedo indicador na boca, indicando para eu fazer silêncio, e me puxou para baixo.

"O que você viu lá dentro?" Perguntei quando nós sentamos no sofá onde antes Sirius e Marlene estavam sentados.

Ela riu gostosamente "Pode perguntar para o Sirius quando ele acabar"

E no final, o aquaplay ficou esquecido pelo resto da semana em um canto do salão comunal.

\/\/\/

Se houver algum erro de gramática ou de coerência, me comunique (: ficarei feliz em consertar.