Disclaimer: Twilight pertence a Stephenie Meyer.

Resumo: Havia uma sala com um piano. Ele era o pianista. Ela, a violinista. Os dois se encontraram para ensaiar para um concerto.

O piano

1. Convite

Sala quase vazia. Nada de meio-vazia e nem meio-cheia. Apenas um piano e duas pessoas.

Entrei, aproximei-me, apresentei-me.

-Isabella Marie Swan. – estendi minha mão aos dois – Orquestra Filarmônica de Seattle.

Os dois sorriram. Um era o diretor de quarenta e poucos anos da Filarmônica de Chicago, Garret Nelson. O outro tinha cinquenta e tantos, rosto com um sorriso estranho. Aro Volturi.

Já os conhecia de concertos anteriores e jornais e reportagens. Eles que mandaram cartas ao meu diretor pedindo uma violinista "emprestada" para o concerto de aniversário da cidade de Chicago. Eles queriam aquela que, de acordo com eles, era a melhor do país depois da violinista deles.

-Oh, minha cara Isabella... – Aro falou num jeito muito teatral, gesticulando exageradamente – Eu estava morrendo para conhecê-la.

Sorri timidamente. Tenho certeza que meu rosto ficou como um tomate.

-Espero que tenha feito boa viagem. – Garrett percebeu meu embaraço e me socorreu, mudando de assunto – Podemos começar os ensaios agora mesmo? Nosso pianista está ansioso.

-Tudo bem. – coloquei minha bolsa na cadeira mais próxima e a maleta no chão. Agachei-me então, tirando meu violino batizado de Anabella, feito sob encomenda com um luthier de Turim.

Chicago me chamou para fazer um concerto duo piano clássico com violino quando a violinista deles, Alice Brandon, ficou doente.

-Isabella Swan, este será seu parceiro pela próxima semana: Edward Anthony Cullen. – Aro anunciou num tom triunfante.


Nova história porque eu estava louca pra postar aqui. Espero que gostem. Vou atualizar quase todos os dias, se eu puder :*